João Pessoa
Feed de Notícias

Governo apresenta pacote de obras no valor de R$ 318 milhões para CG

quinta-feira, 11 de outubro de 2012 - 08:55 - Fotos:  Cláudio Goes/Secom-PB

Foto; José Marques/Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho apresentou na manhã desta quarta-feira (10), um pacote de obras que representam um investimento de mais de R$ 318 milhões, em Campina Grande. Em solenidade no auditório do Hotel Garden, em comemoração ao aniversário de 148 anos do município, o governador autorizou o início de obras e abertura de licitações. Ele também fez uma prestação de contas das obras concluídas, daquelas que estão em andamento e de outras a serem iniciadas na ‘Rainha da Borborema’.

Ricardo Coutinho  afirmou que as obras representam um grande esforço do governo, pois  dos mais de R$ 300 milhões em investimentos, um total de R$ 294,8 milhões são de recursos próprios e R$ 24 milhões são oriundos do PAC. “O percentual de recursos próprios é muito elevado, já que não foi aberto nenhum edital do PAC no período do nosso governo. Estamos superando as dificuldades ocasionadas pela queda do FPE e mantendo o ritmo de investimentos. Esses investimentos demonstram o quanto o governo investe em Campina Grande. Contra  fatos e números não há argumento”, afirmou.

O governador destacou algumas obras que serão iniciadas neste ano como a reforma e urbanização do estádio Amigão, de conjuntos habitacionais e saneamento que remontam da gestão do ex-governador Cássio Cunha Lima. Dentre as outras obras destacadas por Ricardo, estão a construção da escola técnica estadual, o centro de formação de professores e a urbanização do conjunto Mutirão.

Foto: José Marques/Secom-PB

Para o senador Cássio Cunha Lima, o conjunto das ações do Governo do Estado é de fundamental  importância para Campina Grande e seu desenvolvimento social e econômico. Ele lembrou que algumas obras remontam ao período em que governou a Paraíba, mas foram paralisadas pelo gestor que o sucedeu. Depois foram retomadas pelo governador Ricardo Coutinho o que representa um avanço. “As grandes novidades anunciadas  pelo  governador serão importantes para a cidade”,  comentou Cássio.

O vice-governador Rômulo Gouveia disse que os investimentos do governo vão proporcionar  um impacto positivo, gerando desenvolvimento e mais qualidade de vida. “Ao anunciar o pacote de obras no aniversário da cidade, o governador Ricardo Coutinho reafirma o seu compromisso com Campina Grande  e sua população”,  ressaltou Rômulo.

Licitações – Na solenidade desta quarta-feira,  o governo do Estado autorizou a abertura da licitação para a urbanização e revitalização do parque do Bodocongó, que está orçado em R$ 14,5 milhões. Segundo o projeto executivo, o parque terá pista de cooper, quadras poliesportivas, academia,  espelho d’água que tornará um dos símbolos de Campina Grande num espaço de convivência.

Foto: José Marques/Secom-PB

Também foram abertos os processos de licitação da reforma, recuperação e urbanização do Estádio Amigão, que ganhará uma grande área de lazer, pistas de caminhada e de skate, quadras em seu entorno no valor de R$ 15,5 milhões, e para a pavimentação das ruas do estorno do Estádio Amigão  ao custo de R$ 3,1 milhões.

Na área de infraestrutura foi autorizada abertura de licitação para a urbanização do conjunto Mutirão, no Serrotão, que ganhará esgotamento, pavimentação, drenagem e 930 casas para relocação das famílias que vivem em péssimas condições. O investimento é de R$ 13 milhões. As obras de urbanização e pavimentação da avenida Almeida Barreto também estão a pleno vapor e será inaugurada até o final do mês de novembro.  O custo total da obra é de R$ 2 milhões e 200 mil.

A cidade de Campina Grande também terá um novo Instituto de Polícia Científica (IPC). A autorização da licitação para a obra de R$ 6,5 milhões foi dada nesta quarta-feira e complementa os investimentos de 50 milhões na área da segurança já realizados em Campina Grande como viaturas novas, armas, equipamentos e reaparelhamento das unidades de polícia.

Educação- Na área da educação os investimentos continuam com a assinatura da ordem de serviço para a reconstrução da Escola de Áudıocomunıcação e do gınásıo de esportes num investimento de R$ 2,1 milhões. Também foi autorizada a abertura de licitação do Centro de Formação de Professores (R$ 5 milhões) e para a construção da Escola Técnica Estadual (R$ 10, 5 milhões) que será erguida em um terreno em fase de desapropriação ao lado do IFPB no bairro de Bodocongó.

O governo do Estado investe atualmente R$ 5,8 milhões na reforma e ampliação das  escolas estaduais Ademar Veloso, Major Veneziano Vital do Rego, Dom Luiz Gonzaga Fernandes e da Quadra Anésio Leão. Mas 10 escolas em vários bairros serão reformadas e ampliadas num investimento de mais R$ 5 milhões.

Cultura- Após ganhar o museu Assis Chateaubriand, os campinenses também terão mais um equipamento cultural, com a abertura da licitação do Centro Cultural São José, obra orçada em R$ 2,1 milhões.

Foto: José Marques/Secom-PB

Habitação- Campina Grande também ganhará 3.440 novas casas que estão em obras. São  1.948 moradias dentro do programa  ‘Minha Casa , Minha Vida’ (R$ 95 milhões);  construção de 406 casas no conjunto Colinas do Sol (R$ 3,7 milhões), 74 casas em galante (R$ 3,8 milhões),  333 casas (R $ 6,4 milhões) no conjunto Novo Cruzeiro  e mais 639 casas em fase de conclusão no conjunto Ronaldo Cunha Lima (R$ 14,3 milhões).

Outro projeto importante do governo do Estado é a construção do condomínio Cidade Madura que contará com 40 casas no distrito do Ligeiro. A obra ainda será licitada e custará R$ 3,6 milhões.

Saneamento Básico: Com a conclusão do Sistema de Esgotamento Sanitário, Campina Grande passará a ter 90% de toda sua área saneada. As obras estão em fase de conclusão e custarão R$ 1,8 milhão.  Por outro lado, o governo do Estado autorizou a Cagepa a iniciar o esgotamento sanitário do Jardim Tavares e do Novo Cruzeiro num investimento de mais de R$ 6 milhões. A adutora São José, que em 2010 estava em tomada de conta no TCU, já está em sua fase final e deverá ser inaugurada em março de 2013.

Também foi firmado um convênio com a Clínica ISAS para  realização de transplante e doação de órgãos no valor de R$ 1,7 milhão.