João Pessoa
Feed de Notícias

Governo apresenta obras do Canal Acauã-Araçagi a  deputados estaduais

sexta-feira, 13 de março de 2015 - 11:11 - Fotos:  Roberto Guedes/Secom-PB

O Governo do Estado apresentou ao presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino, e mais 12 deputados estaduais, além de três prefeitos, as obras do Canal Acauã-Araçagi. Os integrantes da Frente Parlamentar das Águas e outros deputados conheceram vários trechos do lote I da obra, que tem investimento de R$ 1 bilhão e vai reforçar o abastecimento d’água de 38 municípios das regiões do Vale do Paraíba e do Brejo e garantir irrigação de 16 mil hectares.

O engenheiro Alexandre Machado, representando o secretário de Estado da Infraestrutura, Recursos Hídricos, Ciência e Tecnologia, João Azevedo, explicou aos deputados que o canal vai captar água na barragem Acauã quando as obras da transposição do São Francisco forem concluídas. “Essa obra vai fazer a integração das bacias hidrográficas na área da barragem Acauã com os rios do Eixo Leste. A obra segue em bom ritmo e até agora atingimos 70% da execução do primeiro lote”, informou.

Ele frisou que as principais etapas da obra no lote I já foram concluídas, como a barragem de captação, com comportas já instaladas, os dois sifões e o aqueduto e o canal de aproximação. As demais etapas em execução são trechos em canal, com solo apresentando poucas rochas e isto facilita o andamento das obras. A obra emprega hoje 1.000 operários e 50 engenheiros.  O lote I tem 40 quilômetros de extensão, representando um investimento de R$ 400 milhões.

De acordo com Alexandre Machado, 12 programas ambientais estão em execução na obra, de acordo com o que determina a legislação ambiental, protegendo a fauna e a flora das áreas pode onde avança o canal nos seus 112 quilômetros.

O presidente Adriano Galdino comentou que o CanalAacauã-Araçagi “vai trazer qualidade de vida, desenvolvimento e melhorar bastante a autoestima da população porque mudará o perfil sócio-econômico da região”. Ele ressaltou que a Assembleia Legislativa cumpre o seu papel, através da Frente Parlamentar das Águas,  “de dialogar com a sociedade civil organizada, com o povo paraibano e, acima de tudo, cobrar a dívida social que a União tem com a Paraíba e com o Nordeste. Cabe a nós nos unir para cobrar do Governo federal essa dívida social com a Paraíba para que tenhamos cada vez mais obras hídricas estruturantes para a convivência com a seca”.

Para o presidente da Frente Parlamentar das Águas, deputado Jeová Campos, a Assembleia Legislativa da Paraíba marca um novo tempo com esse início de visitas a obras hídricas no Estado. O parlamentar destacou que a obra tem muita importância e precisa ser conhecida pelos paraibanos. E complementou: “De fato, o Governo da Paraíba está preocupado com a questão da água e a Assembleia Legislativa precisa estar acompanhando para ajudar na mobilização em busca de mais recursos”.

Também conheceram as obras os deputados Buba Germano, Renato Gadelha, Tovar Correia Lima, Caio Roberto, Nabor Wanderley, Doda de Tião, João Gonçalves, João Bosco Carneiro, Zé Paulo, Janduhy Carneiro e Galego de Sousa.

Além dos 13 deputados presentes, os parlamentares José Aldemir, Estela Bezerra e Anísio Maia enviaram representantes às obras.

Na avaliação do deputado Buba Germano, o Canal Acauã-Araçagi é uma obra complementar da Transposição de Águas do São Francisco e é tecnicamente bem elaborada. “Politicamente nós precisamos da garantia do Ministério da Integração Nacional para que a Paraíba receba o mais rápido possível os meios de conclusão dessa importante obra. O Governo do Estado está no caminho certo e a gente vem aqui dar suporte e fazer pressão no Ministério para que ele pague essa dívida com a região Nordeste”, pontuou.

Os prefeitos de Mogeiro, Antonio Ferreira; de Itatuba, Aron Renê Martins; e de Pedra Lavrada, Tota Guedes, também acompanharam os deputados na visita às obras. Toda Guedes, que é presidente da Federação das Associação de Municípios da Paraíba (Famup), avalia que a construção do canal Acauã-Araçagi representa a redenção para o Vale do Paraíba e para o Brejo paraibano e destacou a determinação do governador Ricardo Coutinho em executar tão necessária obra.

O prefeito de Mogeiro, Antonio Ferreira relatou aos parlamentares que, graças à obra do canal, a Prefeitura não fechou suas portas: “Se não fosse essa obra nós já tínhamos fechado a prefeitura. Só tenho que agradecer o empenho do governo para realizar essa obra. A cidade cresceu economicamente e mudou a realidade da nossa gente”, declarou, acrescentando que o comércio local vende mais, os imóveis tiveram valorização e a obra emprega centenas de mogeirenses.