João Pessoa
Feed de Notícias

Governo apresenta novas tecnologias de alimentação de rebanhos a criadores

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014 - 09:32 - Fotos:  Secom-PB

Com o objetivo de desenvolver alternativas que servem para dar suporte à base alimentar e nutricional dos rebanhos bovinos, caprinos e ovinos, a Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (Emepa-PB) faz pesquisas em aproveitamento de resíduos agroindustriais e formulação de ração. As novas tecnologias foram apresentadas aos criadores do município de Itabaiana durante uma Vitrine Tecnológica realizada na última terça-feira (16).

O evento permitiu apresentar diversos trabalhos em forragens e que vem sendo pesquisados pela Emepa na área alimentação animal. Na ocasião, foi entregue aos criadores e associações o terceiro lote de insumos para confecção de 5 mil blocos multinutricionais.

A grande mortalidade dos animais acontece devido à má alimentação. Por isso, a Emepa vem desenvolvendo estratégias emergenciais de arraçoamento, principalmente no período de estiagem, de forma que possa dar uma suplementação nutricional e potencializar a produtividade dos ruminantes.

A produção de ração é feita através de pesquisas com Sorgo, Silagem com Resíduo de Abacaxi, Feno de Capim Buffel e Tifiton, Feno de Marmemeiro, Silagem de Milho, entre outros. Destaca-se ainda a tecnologia dos Blocos Multinutricionais, que servem para suplementação nutricional dos rebanhos.

Um dos contemplados com os ingredientes para produção dos blocos foi Sebastião Neves Correia, pequeno criador de bovinos no município de Salgado de São Félix, que já utiliza essa tecnologia no seu rebanho.  “Fui contemplado pelo Governo do Estado com as máquinas e com os ingredientes para confecção dos Blocos Multinutricionais. Essa suplementação ajudou bastante meu rebanho, principalmente na época da seca, pois observei que os animais tiveram um excelente ganho de peso e uma maior produtividade”.

A utilização dos blocos melhora o desempenho produtivo e reprodutivo dos animais, minimiza o risco de intoxicação com ureia, fornece nutrientes essenciais como proteínas, energia e minerais, aumenta a ingestão e digestão de alimentos de baixa qualidade e tem manejo e transporte fácil. Essa pesquisa é parte do projeto “Desenvolvimento de pesquisas para avanços e consolidação dos agronegócios, dos produtos e serviços da caprinovinocultura no semiárido – Agrocapri”, realizado pela Emepa.

O prefeito de Juripiranga, Paulo Dália, destaca a importância da realização de Vitrines Tecnológicas para a região e para os criadores. “Essa é uma ação muito importante, porque visa proporcionar, aos produtores do município e das regiões vizinhas, mais conhecimentos sobre a alimentação de ruminantes e sobre a criação de caprinos e ovinos. Precisamos lutar junto ao poder público para realizar ações como essa e incentivar os criadores em investir mais na caprinovinocultura”.

A atividade contou com parceria da Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater-PB) e da Prefeitura de Itabaiana. Participaram do evento autoridades dos municípios de Salgado de São Félix, Itatuba, Juripiranga, Pilar, Itabaiana, Ingá, Mogeiro, Gurinhém, São José dos Ramos e Pilar. Essa iniciativa faz parte do Programa Estadual de Alimentação Animal do Governo do Estado da Paraíba.

Segundo o presidente da Emepa, Manoel Duré, a realização da Vitrine Tecnológica é mais uma ação do Governo do Estado, visando um maior desenvolvimento da pecuária da região de Itabaiana.