João Pessoa
Feed de Notícias

Governo apoia Festa da Mandioca e Jornada de Inclusão em Princesa Isabel

quarta-feira, 2 de outubro de 2013 - 14:17 - Fotos: 

Aproximar os agricultores das ações de Governo para estimular a produção e elevar a autoestima do homem do campo foi o principal objetivo da XI Festa da Mandioca de Princesa Isabel, realizada no último final de semana. A iniciativa teve o apoio do Governo do Estado, por meio da Emater, com a participação da Prefeitura Municipal, Associação dos Produtores de Mandioca de Lagoa e de São João e outros parceiros.

Segundo o coordenador da Emater em Princesa Isabel, Hermes Maia, durante a festa foi realizada a Jornada de Inclusão Produtiva, evento que está em todas as cidades paraibanas. Foram atendidos 400 agricultores familiares, com cadastros do Garantia Safra, emissão de Declaração de Aptidão do Produtor (DAP), que garante o acesso às linhas de crédito agrícola dos bancos, e cadastros de acesso nos Programas de Manutenção do Rebanho da Empasa e da Conab e no Programa Tarifa Verde, que proporciona redução na conta de energia, além de visitas técnicas, apresentações de tecnologias de convivência com o semiárido e palestras.

O secretário do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), Marenilson Batista, destacou a realização da Festa da Mandioca que é realizada anualmente, sendo uma oportunidade para se conhecer novas técnicas de manejo e tratos culturais. Pelo menos quatro mil pessoas estiveram presentes ao evento nos três dias. “A festa manteve a tradição e apresentou barracas com comidas típicas feitas a partir da mandioca, além de dança, apresentações musicais, concurso de Rainha e Princesa da Festa, visitas às casas de farinha, exposições e a cavalgada, que este ano contou com mais de 300 cavaleiros”, disse Hermes Maia.

O evento movimentou quase R$ 500 mil. “O objetivo é impulsionar esta importante cadeia produtiva, manter a cultura local e atrair a atenção do público, mostrando a importância que o Governo dá ao agricultor familiar, especialmente aqueles que mais precisam”, destacou.

Jornadas – As Jornadas de Inclusão Produtivas prosseguem com a realização de eventos em regiões do Sertão, do Brejo, Litoral e Cariri, quando os agricultores familiares tomam conhecimento acerca de propostas visando o fortalecimento de arranjos produtivos locais, num contexto de convivência com o semiárido e fortalecimento de práticas agropecuárias.

A finalidade é explicar aos agricultores familiares como funcionam as linhas de financiamento, dando oportunidade de acesso a programas e políticas públicas como crédito para aquisição de terra, participação no Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), Programa Nacional Rural de Habitação (PNRH), entre outros, como parte do convênio MDA/SAF-Emater-PB”, informou o presidente da Emater, Geovanni Medeiros.

Em alguns municípios, a população tem acesso aos serviços do Incra e do Instituto de Polícia Científica (IPC), com a emissão de carteiras de identidade. O Ministério do Trabalho (MTE) emitiu Carteiras de Trabalho e o Ministério da Fazenda, o CPF. Os agricultores contaram ainda com ações da Defensoria Pública, do INSS e da Secretaria de Saúde.