Fale Conosco

10 de agosto de 2011

Governo apoia ação do Ministério da Defesa para combater ataques a caixas eletrônicos



O Governo do Estado, através da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico (Setde), vai apoiar uma iniciativa do Ministério da Defesa que pretende beneficiar garimpeiros e reduzir os roubos de explosivos para explosão de caixas eletrônicos. A ideia, segundo o secretário Renato Feliciano, é minimizar os custos de manutenção de paióis de explosivos, promovendo compra direta do material com fornecedores legais.

O assunto foi discutido na semana passada com o general de brigada Waldemar Barroso Magno Neto, que representou o Ministério da Defesa/Exército Brasileiro, durante o III Seminário Comemorativo ao Dia Nacional do Garimpeiro, realizado no município de Várzea.

“Com esta iniciativa, o Ministério da Defesa quer evitar o mercado paralelo, que é danoso ao garimpeiro pelos preços altos praticados e o prejudica no mercado competitivo. Esta ação também poderá reduzir a insegurança diante do grande número de explosões de caixas eletrônicos, que são possibilitadas pelo roubo de grandes quantidades de explosivos”, explicou o secretário.

Além do general Barroso Neto, outros representantes do Ministério da Defesa e do Exército Brasileiro do Distrito Federal participaram do Seminário. Na ocasião, o secretário Renato Feliciano recebeu uma comenda do Exército Brasileiro pela atuação do Programa Mineral da Paraíba na busca de soluções para o armazenamento legal dos explosivos.

Antes do encontro, o assunto já havia sido tratado em uma reunião com representantes da CDRM, UFCG, IFPB-Picuí, Fiep/Senai, empresários da mineração e consultores. Barroso Neto destacou sua preocupação diante dos casos de explosões a caixas eletrônicos que estão crescendo em todo o país e solicitou o apoio da Setde, junto as Secretarias da Receita Estadual e da Segurança, quanto à fiscalização dos fiscais da Receita no deslocamento e entrega de materiais explosivos nos garimpos.

Também foram discutidas as questões que envolvem a liberação do Certificado de Blaster – documento que habilita profissionais na utilização de explosivos –, junto à Secretaria de Estado da Segurança Pública. “Vamos cooperar com o Ministério da Defesa para que possamos resolver esse problema da informalidade na mineração e, consequentemente, contribuir para o crescimento da segurança na Paraíba”, destacou Renato Feliciano.