João Pessoa
Feed de Notícias

Governo agiliza liberação de verbas para Várzeas de Sousa e adutora

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009 - 19:20 - Fotos: 

O Projeto Várzeas de Sousa e a Adutora do Congo foram pautas em Brasília (DF) de uma audiência no Ministério da Integração, com a participação do secretário de Estado do Meio Ambiente, dos Recursos Hídricos e da Ciência e Tecnologia (Semarh), Francisco Sarmento.
A audiência ocorreu na quinta-feira (10) e, conforme Sarmento, o Projeto Várzeas de Sousa estava com pendências em relação à inadimplência deixada pelo governo anterior. Na ocasião, o Estado conseguiu liminares no âmbito judicial que o secretário encaminhou pessoalmente à Pasta da Integração e, após reunião com o diretor de Irrigação daquele Ministério, ficou acertado que os recursos da primeira parcela do convênio, já reformulado, poderão ser aportados pela Paraíba já na próxima semana. 
 
“É uma notícia muito boa que possibilita a continuidade mais célere das obras do projeto de construção das Várzeas de Sousa, pois desde o dia 22 de novembro último foi dada a ordem de reinício das obras com recursos exclusivamente estaduais. Com esse aporte federal, a obra poderá continuar num ritmo mais acelerado”, comemora o secretário.

Adutora – A outra boa notícia é em relação à Adutora do Congo, que estava com sua segunda etapa perdida quando o governo atual assumiu, em fevereiro deste ano. “A adutora do Congo foi resgatada. Fizemos processos licitatórios, resolvemos as pendências junto ao Ministério da Integração e hoje é uma obra inserida no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), e a quinta parcela do repasse, no valor de R$ 2.700.000,00, já se encontra nos cofres do Estado, garantindo assim a conclusão da primeira etapa desta obra já para fevereiro do próximo ano”. No total, 35 mil habitantes serão beneficiados pela adutora, sem contar aqueles já atendidos na primeira etapa.

Corporação Andina – Com o governador José Maranhão, o secretário Sarmento participou ainda de uma audiência com o secretário adjunto da Secretaria do Tesouro Nacional, para de empréstimo junto à Corporação Andina de Fomento (CAF).

Foram verificadas as pendências ainda remanescentes em relação à análise técnica, para encaminhamento do projeto à Procuradoria Geral do órgão e, na seqüência, para o Senado Federal. Logo após a reunião, a Secretaria do Tesouro Nacional informou que o pleito do governador foi acatado e possivelmente ainda nesta sexta-feira (11), o processo seguiria para a Procuradoria Geral e de lá encaminhado ao Senado Federal, para apreciação.
“Nunca este processo esteve tão próximo de um desfecho feliz para a Paraíba. São 150 milhões de dólares ao todo no programa, que serão usados na recuperação, pavimentação e abertura de novas rodovias, possibilitando uma verdadeira revolução no campo do Estado”, finalizou Sarmento.

 

Ana Aragão, da Assessoria de Imprensa da Semarh