João Pessoa
Feed de Notícias

Governo adquire equipamentos e reforça manutenção preventiva da Cagepa

quarta-feira, 19 de junho de 2013 - 08:59 - Fotos: 

O Governo do Estado, por meio da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), investe na aquisição de equipamentos eletrônicos que vão auxiliar na manutenção preventiva dos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário da Grande João Pessoa. De acordo com o diretor de Operação e Manutenção da Companhia, engenheiro José Mota Victor, um dos equipamentos, o termovisor portátil, por exemplo, vai minimizar a ocorrência de falta de água por falha elétrica, em áreas da cidade.

À medida que esse equipamento permite detectar fadigas em motores, transformadores e painéis elétricos dos nossos sistemas; na iminência de defeitos, poderemos agir preventivamente, fazendo as devidas correções nas falhas, evitando a quebra do equipamento e uma possível parada no sistema”, destacou o diretor. Segundo ele, o termovisor portátil possui tecnologia infravermelha e identifica superaquecimento em equipamentos elétricos. “Ele realiza uma espécie de ultrassonografia nas máquinas”, comparou.

Além do termovisor portátil, ainda foram adquiridos um megôhmetro digital e um terrômetro digital, que também vão auxiliar na melhoria da operação dos sistemas de abastecimento de água e esgotos, gerenciados pela Companhia na região Metropolitana de João Pessoa. Para o gerente de Gestão de Energia da Cagepa, engenheiro Dailton Uchoa, a aquisição dos novos equipamentos faz parte do plano de trabalho da atual gestão para modernizar a manutenção dos sistemas elétricos de água e esgotos da empresa.

Ele explicou que o megôhmetro digital verifica as condições de isolamento dos motores elétricos, o que contribui para evitar a ocorrência de choques elétricos e curtos-circuitos. “Isto representa segurança para quem está próximo à máquina, assim como segurança para o consumidor que está em casa, uma vez que, ao evitar curto-circuito, garantiremos a continuidade da operação do sistema de abastecimento de água, por exemplo”, lembrou Uchoa. Ele esclareceu que o terrômetro digital mede a resistividade do solo, ou seja, as condições de aterramento das malhas dos equipamentos elétricos.

Ainda segundo o gerente, o termovisor portátil já está sendo utilizado pelas equipes de campo da Gerência Regional do Litoral, e a meta é adquirir outros equipamentos similares para, em breve, atender também as demais regionais da Companhia no Estado, a exemplo da Borborema, com sede em Campina Grande. “As aquisições irão contribuir inclusive para a redução nos custos com manutenção elétrica corretiva, além de diminuir o tempo de paralisação dos sistemas operados pela Cagepa”, ressaltou Uchoa.