Fale Conosco

16 de dezembro de 2013

Governo abre 19º Salão de Artesanato da Paraíba nesta quinta-feira em João Pessoa



Começa nesta quinta-feira (19) a 19ª edição do Salão de Artesanato da Paraíba, no Jangada Clube, praia do Cabo Branco, em João Pessoa. Com o tema “Nossa Arte tem Fibra”, o evento vai destacar trabalhos de artesãos que utilizam as fibras da bananeira, coqueiro, carnaúba e cipó, típicos de manguezais, para transformar em verdadeiras obras de arte. A solenidade de abertura acontece às 18h.

A feira, considerada uma das maiores de artesanato do país, recebe este ano trabalho de 6.272 artesãos de 130 municípios paraibanos que produzem artesanato, trabalhos de habilidades manuais e gastronomia. O evento tornou-se um importante espaço de exposição e negócios, sendo a expectativa para esta edição o aumento de 10% na comercialização das peças que na última feira superou a marca de R$1 milhão em vendas.

Com muita novidade e inovação, os artesãos apresentarão aos visitantes diversas tipologias em trabalhos produzidos em peças de fios, madeira, algodão colorido, fibra, cerâmica, couro, tecelagem, brinquedo, pedra, metal, osso, artesanato indígena, cordel, xilogravura e habilidades manuais.

Preparativos - Em uma área de 3.500m², planejada e bem distribuída, trabalham em ritmo acelerado montadores, marceneiros, gesseiros e pintores para finalizarem os últimos preparativos para receber as peças artesanais. “Será a primeira vez que a Paraíba vai receber uma estrutura dessa qualidade com lonas especiais utilizadas em Fórmula 1. Além disso, vamos climatizar todo o ambiente com 18 TR (unidade de medida de refrigeração que significa Tonelada de Refrigeração, ou seja, cada 12.000 btus equivalem a um TR, sendo a mais utilizada em grande eventos) para garantir um melhor conforto aos visitantes. Toda a estrutura utilizada é o que se tem de melhor para eventos no país”, revelou o coordenador de montagem do Salão, Wilson Martinez.

Destaque para a fibra – Nesta edição, o Salão dará destaque ao artesanato feito com a diversidade das fibras naturais usada há centenas de anos pelos índios brasileiros, a exemplo dos Potiguares e Tabajaras que vivem na Paraíba. Cestas de pesca, adereços, instrumentos musicais e vestimentas são algumas dos artefatos que comprovam esta utilização.

Para homenageá-los a organização do Salão de Artesanato da Paraíba reservou um espaço especial. O palco de atrações culturais vai se transformar numa grande oca e no seu interior índios da Baía da Traição orientarão os visitantes sobre seus costumes, utensílios, comidas, objetos de caça representados e até livros publicados. Na área externa do evento, jangadas indígenas originais da comunidade potiguar também estarão expostas na piscina.

Estamos trabalhando há três meses no salão, já convidamos todos artesãos para participarem, distribuímos tarefas à organização, recolhemos as peças e entramos em contato com todos os decoradores que vão preparar espaços especiais dedicados a cada tipologia. Uma série de novidades para atrair o público que poderá trocar os presentes de Natal industrializados por peças artesanais e exclusivas. Queremos receber bem os moradores da cidade e turistas do Brasil inteiro e do exterior que visitam João Pessoa nesta época do ano”, revelou a gestora do PAP, Ladjane Barbosa.

Novidades - Toda a entrada do evento será feita pelo designer Sérgio Mattos com vários nichos de matéria-prima representando o Litoral, Agreste, Sertão e Cariri. Ainda haverá um espaço voltado para a exposição dos trabalhos desenvolvidos por sua consultoria com marisqueiras e artesãs da Praia de Acaú e Cabedelo que resultaram em coleções como a “Corais de Acaú”. Além da inovação do designer, o salão terá a contribuição dos decoradores Maria de Lourdes Guimarães, Marcelo Lima, Baba Santana, Yon Pontes e Cello Lima.

No lugar da Casinha de Bonecas do ano passado, ao lado da piscina, vai haver um gazebo com chão de cascas de marisco abrigando um painel de um ponto turístico bem representativo da Paraíba para que os visitantes possam tirar fotos.

Pesquisa de satisfação – Ao final do corredor labirinto do Salão, o visitante poderá deixar sua mensagem nas bolas de uma imensa árvore de natal confeccionada com peneiras de palha. “No ano passado, realizamos esta experiência e o índice de aprovação foi altíssimo. Além dos recados e sugestões, muitos elogios e aprovação. Tudo isso acaba se transformando em um termômetro de avaliação para saber onde cada vez mais podemos melhorar. Também haverá um posto de primeiros socorros para eventuais necessidades”, completou Ladjane.

O 19º Salão de Artesanato da Paraíba é uma promoção do Governo do Estado, por meio do PAP, que é vinculado à Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico (Setde), sob a coordenação geral da primeira-dama do Estado, Pâmela Bório.

Gastronomia – Mais uma vezo Salão de Artesanato traz o espaço gastronômico onde os visitantes poderão degustar uma variedade de licores, pimentas, castanhas, doces, bolos e rapaduras com sabores variados, além dos biscoitos caseiros e comidas regionais.

Funcionamento – O Salão vai funcionar diariamente das 15h às 22h, até o dia 26 de janeiro. As exceções são para os dias 24, 25 e 31 dezembro, bem como para o dia 1º de janeiro, quando o evento será fechado para as festas de final de ano. A visitação será gratuita.