João Pessoa
Feed de Notícias

Governadora entrega Prêmio Ceci Melo de Participação Social em Campina Grande

quarta-feira, 26 de março de 2014 - 10:02 - Fotos:  Cláudio Góes/Secom-PB

Em solenidade no auditório do Sesc Centro, em Campina Grande, 14 conselheiras das Regiões Geoadministrativas do Estado, 14 líderes comunitárias e 17 representantes de instituições que trabalham em prol das mulheres paraibanas foram homenageadas, nessa terça-feira (25), por meio do Prêmio Ceci Melo de Participação Social – Ano Elizabeth Teixeira. A premiação é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio do Orçamento Democrático Estadual (ODE) e da Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana.

A governadora em exercício, Fátima Bezerra Cavalcanti, participou da solenidade de entrega da premiação. Ela ressaltou as políticas públicas desenvolvidas pelo Governo do Estado para a mulher e destacou a importância do evento. “É um momento significativo para a mulher paraibana. Nós, hoje, estamos aqui simbolizando o gênero feminino, a mulher que luta, trabalha, sonha e conquista”, ressaltou Fátima Bezerra, que ainda enfatizou a trajetória da líder camponesa Elizabeth Teixeira a quem entregou o Prêmio Ceci Melo.

Na solenidade, o subsecretário executivo do Orçamento Democrático Estadual, Hélio Silva Barbosa, explicou que a ação faz parte da programação do mês de março, em alusão ao Dia Internacional da Mulher (8 de março), e que este ano tem o objetivo de homenagear as conselheiras do Orçamento Democrático Estadual, eleitas para mandato de dois anos, além das lideranças comunitárias, referências por suas atuações em prol das comunidades. “A nossa intenção é valorizar aquelas mulheres que estão construindo uma Paraíba melhor, um estado onde as mulheres possam participar das organizações populares, nos clubes de mães, nos sindicatos e no espaço que muitas vezes foi negado às mulheres”, justificou Hélio Barbosa.

A secretária de Estado da Mulher e da Diversidade Humana, Gilberta Soares, pontuou que a solenidade de premiação é um grande momento de congraçamento com as mulheres guerreiras, que desenvolvem trabalhos interessantes em seus municípios e comunidades. O prêmio simboliza a valorização das mulheres que há anos trabalham pelo seu espaço como profissional e por melhores condições de vida da população. “O Governo do Estado desenvolve, em março, um mês de ações para fortalecer as políticas públicas das mulheres. A gente tem a campanha `Paraíba, Mulher Forte e de Valor´, que é de valorização e aumenta a autoestima da mulher, o enfrentamento à violência e luta pela igualdade”, salientou Gilberta Soares. O evento contou também com a presença de todas as gestoras secretárias e dirigentes do Governo, a exemplo de Estela Bezerra (Chefe de Gabinete); Márcia Lucena (Educação); Tatiana Domiciano (Cinep), Sandra Marrocos (Fundac); e Albiege Fernandes (A União).

Emoção – Elizabeth Teixeira agradeceu a homenagem. “Eu recebo esta homenagem com muita alegria e muita paz. Na idade que estou, com 89 anos, o Governo lembrar de mim é uma grande felicidade”, agradeceu Elizabeth, que teve uma intensa participação no movimento dos trabalhadores rurais da Paraíba.

Ela também se emocionou com a exibição de um trecho do filme “Cabra Marcado para Morrer”. Dirigido por Eduardo Coutinho, o filme é uma narrativa da vida de João Pedro Teixeira, líder camponês da Paraíba, assassinado em 1962.

Ceci Melo – Ainda na solenidade, a presidente da Fundac, Sandra Marrocos, falou da trajetória da amiga Ceci Melo. Cezariana Macena de Melo foi militante, ex-dirigente partidária, ativista do movimento de mulheres e feminista, coordenadora do Centro Acorda Mulher em Bayeux e pedagoga na Casa Pequeno Davi. Foi uma das pessoas responsáveis pela criação do Orçamento Democrático no município de João Pessoa e essencial na manutenção e consolidação deste instrumento.

Através da sua atuação nos movimentos feministas, inseriu a preocupação com o debate de gênero nos espaços oportunizados pelo ODE, junto à sociedade civil, e tinha a preocupação com a inserção da mulher na democracia participativa. Ceci defendia a participação como forma de empoderamento da população em conhecer os seus direitos para a mudança da realidade vivida. Ela nasceu no município de Sapé e morreu em 6 de fevereiro de 2013, em João Pessoa. Antonio Macena, irmã de Ceci, agradeceu a homenagem.