João Pessoa
Feed de Notícias

Governadora em exercício debate políticas para mulheres

terça-feira, 25 de março de 2014 - 16:38 - Fotos: 

A governadora em exercício, desembargadora Maria de Fátima Bezerra Cavalcanti, teve como primeiro compromisso de agenda na manhã desta terça-feira (25) uma reunião com a secretária de Estado da Mulher e da Diversidade Humana, Gilberta Soares; a juíza Rita de Cássia Andrade e dez representantes de entidades de apoio aos direitos das mulheres. Na pauta, políticas de combate à violência contra a mulher.

Logo após o encontro, realizado no gabinete do Palácio da Redenção, Fátima Bezerra Cavalcanti avaliou que o diálogo com o grupo de mulheres foi produtivo. “Nós dedicamos uma manhã para ouvir as mulheres dos vários segmentos da sociedade e o contributo que elas nos trazem é muito grande. O que podemos fazer é juntar nossos esforços, identificar as falhas do sistema e procurar melhorar”, comentou.

Um dos pontos da reunião foi a questão da violência doméstica contra a mulher. “No Tribunal de Justiça nós estamos fazendo todos os júris onde as mulheres foram vitimadas porque precisamos dar respostas à sociedade, a partir do momento que os processos são julgados e em que as penalidades são aplicadas esperamos que se possa coibir a ação nefasta do agressor”, destacou Fátima Bezerra Cavalcanti.

A governadora em exercício acrescentou que, com a secretária Gilberta Soares e as demais mulheres que participaram da reunião, também foi refletida a questão de expandir o apoio às mulheres que são vítimas da violência com apoio psicológico e ocupacional: “O que deduzimos é que precisamos ampliar o número de Casas Abrigo, incrementar o atendimento nas delegacias de polícia, ampliar as vagas para mulheres vítimas de violência, envolvendo todos os poderes, o executivo, o judiciário, o Ministério Público, as prefeituras”.

Na manhã desta quarta-feira (26), Fátima Bezerra Cavalcanti vai abrir seminário na sede da Emater sobre a mulher trabalhadora rural. “Como presidente do Tribunal de Justiça, como magistrada ou como cidadã, eu sempre levantarei essa bandeira: mulher tem o direito de ser feliz, mulher merece respeito”, concluiu.

A secretária de Estado da Mulher e da Diversidade, Gilberta Soares, destacou que o encontro foi uma oportunidade de prestar contas das ações que o Governo do Estado desenvolve nesta área. “A governadora prestou contas das ações do Tribunal de Justiça na área da violência contra a mulher e nós tivemos vários entendimentos no sentido de como seguirmos essas parcerias. Tivemos diversas ideias para trabalhos conjuntos e o movimento das mulheres respondeu ao chamado e considerou importante o diálogo”, disse.

A juíza Rita de Cássia Andrade, titular do Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, considerou uma atitude positiva o espaço aberto pela governadora em exercício para receber as mulheres que lutam no enfrentamento da violência no estado.

Participaram também da reunião representantes do Centro da Mulher 8 de Março, Conselho Estadual dos Direitos da Mulher, União Brasileira de Mulheres e Flor Mulher de Santa Rita.