João Pessoa
Feed de Notícias

Governadora do Rio Grande do Norte visita Hospital de Trauma de João Pessoa

sábado, 23 de junho de 2012 - 11:58 - Fotos: 

A governadora do Estado do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarline, realizou, na manhã deste sábado (23), uma visita técnica ao Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa. Ela veio conhecer como funciona a gestão pactuada entre o Governo do Estado da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, e a Organização Social Cruz Vermelha Brasileira.

Rosalba Ciarline visitou todos os setores da Instituição, que é gerida pela Cruz Vermelha desde julho de 2011. A Organização Social assumiu a unidade de saúde com o compromisso de cumprir metas e gerir o hospital dentro dos padrões definidos rigorosamente pelo Governo do Estado. Muitos avanços foram conquistados desde o início da pactuação, e as metas pré-estabelecidas vêm sendo alcançadas.

Segundo a governadora, que é médica de formação, o hospital está sendo muito bem administrado. “Minha impressão sobre os setores do Hospital foi a melhor possível. Nota-se que a unidade adquiriu outra dinâmica de trabalho. O governador Ricardo Coutinho está de parabéns pela visão administrativa que foi implantada nessa instituição”, ressaltou.

O secretário de Saúde do RN, Isaú Gerino Vilela, também parabenizou o Governo do Estado pelo trabalho desenvolvido no Trauma, e acrescentou que o mesmo projeto está em estudo para ser implantado no seu Estado. “O Governo está de parabéns. Estamos estudando o plano, para que possamos desenvolver o mesmo projeto em nosso Estado”, disse o secretário.

De acordo com o consultor de assistência médica da Cruz Vermelha Brasileira,  Edmon Gomes, a governadora ficou muito impressionada com o modelo de pactuação desenvolvido no Trauma. “O Governo do Rio Grande do Norte pretende implantar o mesmo sistema de pactuação no Complexo Hospitalar Monsenhor Walfredo Gurgel, por isso que Rosalba Ciarline veio verificar in-loco as mudanças realizadas desde a entrada da Cruz Vermelha no Hospital de Trauma”, afirmou.

Antes de a gestão pactuada assumir a gerência do hospital, havia 212 pessoas em espera por uma cirurgia. Esse número caiu 100%, não restando pacientes aguardando por procedimentos. Além disso, o intervalo de tempo para a realização de cirurgia de emergência (quando há risco iminente de óbito) caiu pela metade, com o tempo de 36 minutos, quando o limite máximo é de 60 minutos.

De acordo com o diretor de Assistência do Hospital, Edvan Benevides, cada minuto que o paciente espera por um procedimento é um minuto a menos de chance de vida, por isso o pronto atendimento oferecido no Trauma é o diferencial para salvar vidas. “Nós conseguimos reduzir o intervalo de tempo para realização de cirurgias de emergência, e isso é uma conquista que deveremos manter na nossa instituição”, explicou o diretor.

Outra busca incessante da nova gestão é a conquista do certificado da Organização Nacional de Acreditação – ONA. O selo atesta a qualidade dos serviços prestados em unidades de saúde, garantindo maior transparência e eficiência no atendimento médico. Recentemente, o hospital conquistou duas comendas: Selo Verde, pela instituição estar utilizando uma tecnologia ecologicamente correta para esterilização de materiais da área médica e estéreis; e a Certidão de Responsabilidade Técnica dos Profissionais da Enfermagem.