João Pessoa
Feed de Notícias

Governador vistoria PB-054 e determina recuperação da estrada

quinta-feira, 25 de agosto de 2011 - 19:08 - Fotos: 

Ricardo visita estrada danificada por rompimento de barragem - José Marques/Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho visitou, na tarde desta quinta-feira (25), a PB-054, no trecho entre São José dos Ramos e Itabaiana, que foi levado pelas águas após o rompimento de uma barragem de propriedade privada no sítio Lagoa do Rancho, por volta das 11h. O acesso à cidade de Itabaiana via São José dos Ramos está interditado devido aos danos ocasionados na estrada.

Durante a vistoria, o governador Ricardo Coutinho determinou que o Departamento de Estradas e Rodagens (DER) realize um desvio para permitir o tráfego de veículos leves e elabore um projeto para, depois das chuvas, reconstruir a trecho de cerca de 200 metros de pista que foram levados pelas chuvas, deixando uma grande cratera na estrada. A obra será realizada com recursos próprios e deve custar cerca de R$ 700 mil.

Na hora do rompimento, homens a serviço do DER tentavam desobstruir as águas que se acumulavam nos dois lados da pista, e conseguiram sair antes do acidente. “Lamentamos o ocorrido, mas ficamos mais aliviados por não haver vítimas. Desde segunda-feira, os técnicos do DER trabalhavam para fazer o escoamento das águas e a desocupação das pessoas que moram nas áreas ribeirinhas, o que evitou um desastre maior”, explicou o governador.

O DER alerta aos motoristas que evitem trafegar pelo local até a conclusão do acesso alternativo, que será construído para garantir o acesso de veículos leves entre São José dos Ramos e Itabaiana. O secretário de Estado de Infra-estrutura, Efraim Morais, o superintendente do DER, Carlos Pereira, o chefe de gabinete do governador, Lúcio Flavio, o deputado estadual João Gonçalves e a prefeita de São José dos Ramos, Aparecida Amorim, acompanharam o governador durante a vistoria.

A força das águas deixa uma cratera na estrada - José Marques/Secom-PB

Providências – Na mesma rodovia atingida pelas águas da barragem, uma ponte já havia caído e o tráfego era feito por um desvio, que também foi danificado com o rompimento. Como medida emergencial, o DER realizará, dentro de 60 dias, um desvio para passagens de veículos, tão logo diminuam as chuvas.

Outra recomendação do governador foi dirigida à Defesa Civil, chamada para providenciar a remoção imediata de famílias que residem nas áreas de outras barragens que oferecem risco de estourar. As famílias serão colocadas em abrigos de prédios públicos.

Além de um desvio emergencial, o governador determinou que o trecho danificado receba atenção dos órgãos do Estado, especialmente da polícia, para garantir a segurança das pessoas. Como o tráfego de veículos entre a BR-230/Itabaiana está totalmente interditado, o DER colocou uma equipe de guardas de trânsito no início da rodovia para orientar os motoristas e evitar transtornos.