João Pessoa
Feed de Notícias

Governador visita porto de Cabedelo e vistoria novo armazém e dragagem

quinta-feira, 3 de março de 2011 - 13:27 - Fotos: 

O governador Ricardo Coutinho (PSB) realizou no final da tarde da quarta-feira (2), uma visita técnica aos serviços de dragagem do Porto de Cabedelo, cuja conclusão está prevista para o final do mês de abril, e também às obras de reforma do armazém 4, concluída esta semana e que começará a armazenar cargas, de acordo com as normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Ao lado do presidente da Companhia Docas, Wilbur Holmes Jácome, do vice-presidente Antônio Ricardo e técnicos do porto, Ricardo conferiu de perto a dragagem que está sendo executada pela Enterpa Engenharia, através de dois navios de bandeira chinesa que fazem a remoção da areia para aumentar o calado que hoje é de 9 metros para 11 metros. As obras de dragagem do porto de Cabedelo estão orçadas em R$ 47 milhões, cujos recursos estão assegurados pela Secretaria Especial dos Portos. Cerca de 70% da obra de dragagem já foi concluída.

“O aumento do calado fará com que o porto, que recebe navios com até 35 mil toneladas, passe a receber cargas de 50 ou até 60 mil toneladas, gerando a necessidade de movimentação de mais mão de obra e mais arrecadação do porto e do Estado”, explicou Wilbur.

O presidente da Docas, Wilbúr Jacomé, ressaltou que pouco mais de um mês a nova gestão está conseguindo avanços importantes como a entrega do novo Armazém para receber cargas consideradas limpas, como medicamentos e brinquedos, o que não existia e provocava multas e ameaça de interdição por parte da Anvisa e prejuízos para os importadores e exportadores do porto.

O governador Ricardo Coutinho ressaltou que com o aumento do calado do Porto de Cabedelo e a implantação de uma logística viável será possível prospectar novos clientes de forma a aumentar a movimentação de cargas, gerar mais mão de obra e incrementar a arrecadação de ICMS. De acordo com o governador, é preciso que a Cinep, a Receita do Estado, as secretarias de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura e o Porto de Cabedelo atraiam novos clientes e sensibilizem as empresas que vão utilizar os incentivos fiscais do Estado, da importância de utilizarem o Porto de Cabedelo como forma de fortalecer a economia do Estado.

Projetos no PAC 2- Wilbur Jácome também anunciou que o porto irá encaminhar na segunda quinzena de março dois projetos para serem incluídos no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Um para a construção do Terminal de Múltiplos Usos e outro para as obras de reforço do Cais gerados com a dragagem e o aumento do calado.

O presidente da Docas ressaltou que o projeto vai possibilitar a criação de novos berços de atracação e do terminal de passageiros, visando a implementação de uma nova logística e o incremento do turismo no Estado. Ele explicou que o porto atualmente não tem capacidade para armazenar conteiners e com o projeto terá como movimentar cerca de 50 mil conteines em um ano.
`
Movimentação- Em fevereiro de 2011 o porto recebeu 151.078 mil toneladas, o que significa um incremento de 141% em relação ao mesmo período de 2010. Para Wilbur as medidas de redução em 21% de despesas com folha de pessoal e em custeio, a reorganização da logística do Porto e o aumento do calado vão aumentar a perspectiva de movimentação de cargas e de receita do Porto de Cabedelo ainda este ano.