João Pessoa
Feed de Notícias

Governador visita famílias atingidas pelas chuvas e decreta emergência

quinta-feira, 5 de maio de 2011 - 15:52 - Fotos:  José Marques/Secom-PB

 

Ricardo Coutinho visitou as áreas atingidas pelas chuvas - José Marques/Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho visitou na manhã desta quinta-feira (5) as áreas atingidas pela enchente do Rio Paraíba em Santa Rita e Bayeux e anunciou que ainda hoje irá decretar situação de emergência em todos os municípios atingidos pelos efeitos da chuva. O objetivo é oferecer mais agilidade na resolução dos problemas vivenciados pelas populações. Os municípios serão incluídos no decreto de acordo com relatório da Defesa Civil. Devem ser incluídos Santa Rita, Bayeux, Areia, Ingá, Itabaiana, Mogeiro e Natuba, entre outros.

Acompanhado das equipes da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros, pelo prefeito de Santa Rita, Marcus Odilon, e pelos secretários de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Desenvolvimento Humano e presidente da Cehap, o governador conferiu de perto a situação das famílias atingidas pela enchente na Rua do Rio, em Santa Rita.

Após a visita, o governador se reuniu com os representantes dos órgãos e com a Prefeitura de Santa Rita na Escola Estadual João Úrsula para discutir as providências a serem tomadas. Em Bayeux, o governador e o secretário de Infraestrutura do município, Carlos Sousa, visitaram a comunidade Casa Branca, onde 196 casas construídas às margens do rio Paraíba foram alagadas e as pessoas ficaram desabrigadas. No final da manhã, as pessoas ainda transportavam seus pertences até um local mais seguro, algumas delas resistiam em sair do local, mesmo com a orientação da Defesa Civil estadual.

Medidas – O governador explicou que, de posse do levantamento dos estragos e das obras estruturantes prioritárias, irá solicitar apoio ao Ministério da Integração. “Não vamos atrás de cesta básica ou colchão quero que o Ministério nos possibilite resolver de forma definitiva os estragos das enchentes”.

As demais secretarias do Estado estão dando apoio às famílias atingidas pela enchente com relocação, doação de alimentos e ações de diagnóstico e tratamento contra doenças como cólera e leptospirose. O Corpo de Bombeiros está utilizando equipes e botes para socorrer as famílias.

 

Governador conferiu de perto a situação das famílias atingidas pela enchente - José Marques/Secom-PB

O governador também determinou à Companhia Estadual de Habitação (Cehap) que priorize as famílias em zona de alagamento dentro do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, assim como o programa PSH em parceria com as prefeituras, disponibilizando casas para a população de baixa renda. Ricardo informou que as 2 mil casas destinadas a Santa Rita serão concedidas prioritariamente para as vítimas das enchentes. “É importante que as famílias sejam retiradas, mas as casas devem ser derrubadas e construídas em outro local, para que não haja nova ocupação e o problema perdure”.

Nível dos açudes – O aumento do nível de água no açude Acauã atingiu uma lâmina de 1,48 metros acima do muro e mais dois metros em Boqueirão, acarretando uma enxurrada de água ao longo de cerca de 200 km do Rio Paraíba. Segundo dados da Aesa, 26 açudes no Estado estão sangrando, mas não oferecem risco de rompimento. O governador alertou para a necessidade das pessoas que estiverem nas áreas de risco saírem para os abrigos, mesmo que não seja possível resgatar todos os móveis. “É preciso respeitar a natureza. Não se pode simplesmente retirar areia do rio ou construir às suas margens e achar que nada vai acontecer”.

O secretário de Infraestrutura do Estado, Efraim Morais, informou que a Defesa Civil está realizando um levantamento dos danos nas barragens, estradas interditadas, pontes, passagens molhadas e do número de desabrigados e casas atingidas pelas enchentes.

Efraim acrescentou que esse relatório será entregue no final da tarde ao governador com a relação de obras e intervenções para solução imediata e preventiva. “De posse do relatório, as prioridades serão encaminhadas para o Ministério da Integração e para os órgãos do Comitê Executivo de Prevenção e precipitação das chuvas para que sejam resolvidas de forma mais ágil”.

Governador discutiu providências com representantes de órgãos - José Marques/Secom-PB

Sobrevôo – Às 14h, o governador Ricardo Coutinho, o secretário de Infraestrutura Efraim Morais e o secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, João Azevedo, realizaram um sobrevôo de helicóptero nas áreas atingidas ao longo do Rio Paraíba até o município de Natuba, um dos mais atingidos pela enchente.  Com isso, a equipe de governo pretende ter uma visão mais real dos estragos causados pelas chuvas.