Fale Conosco

21 de maio de 2012

Governador reúne comitê e traça plano para combate aos efeitos da seca



O Comitê Integrado de Combate à Estiagem no Semiárido da Paraíba se reuniu, no final da tarde desta segunda-feira (21), com o governador Ricardo Coutinho, para tratar da elaboração dos planos de trabalho que serão encaminhados ao Ministério da Integração no intuito de captar os recursos para atender às vítimas de estiagem nos 170 municípios paraibanos em situação de emergência.

Durante a reunião no Palácio da Redenção, o governador Ricardo Coutinho cobrou agilidade das secretarias e órgãos integrantes do comitê e do encaminhamento da documentação pelos prefeitos para que os recursos e ações cheguem mais rápido à população. Ele orientou que os planos de trabalho trouxessem como eixos prioritários a questão do abastecimento de água, a instalação de poços em áreas desassistidas, a questão da alimentação humana e animal.

De acordo com o secretário de Infraestrutura do Estado e presidente do Comitê, Efraim Morais, a prioridade principal é abastecimento de água para o consumo humano e animal como, por exemplo, a perfuração dos poços e distribuição dos carros pipa. “Dos 170 municípios em estado de emergência apenas 90 completaram a sua documentação e Avadans. Estes municípios certamente receberão os auxílios primeiro”, explicou Efraim.

Em relação à operação carro pipa, o Exército atende apenas 91 municípios na Paraíba. Segundo Efraim, ainda este mês o número irá aumentar com a complementação dos carros pipas pelo Governo do Estado e prefeituras nos municípios que ainda não são atendidos pelo serviço. “A determinação do governador é fazer com que todos os municípios em estado de emergência e os outros 20 que devem ser incluídos recebam os benefícios e a água própria para o consumo chegue para os paraibanos”, explicou.

Documentação – O prefeito de Picuí e presidente da Federação das Associações dos Municípios da Paraíba (Famup), Buba Germano, fez um apelo para que os gestores municipais encaminhem o mais rápido possível a documentação necessária para a equipe técnica do comitê possa construir as ações de abastecimento de água e outras políticas públicas federais, como Garantia Safra, crédito rural, recuperação de poços.

Situação atual -  O coronel Carvalho Wernec, da Defesa Civil Nacional, e o coronel Walter Rufino, da Defesa Civil do Estado, apresentaram um quadro da situação atual dos municípios em relação à oferta de água, distribuição de carros pipa e ao envio da documentação necessária para que o Governo Federal libere os recursos. O coronel Wernec detalhou as medidas adotadas pelo Governo federal, que totalizam um investimento de R$ 2,7 milhões, e sobre as tarefas de cada uma das secretarias e órgãos que formam o comitê para minimizar os efeitos da seca, que deve ser a pior dos últimos 30 anos.

Participaram da reunião Efraim Morais (Secretaria de Infraestrutura), João Azevedo (Recursos Hídricos), Aparecida Ramos (Desenvolvimento Humano), Tatiana Domiciano (Comunicação Institucional), Alexandre Eduardo (Agricultura Familiar), Antônio Fleming (DER), representantes da Aesa, Waldir Porfírio (chefe gabinete do governador), coronel Walter Rufino, coronel Wernec Carvalho, da Defesa Civil nacional, e o prefeito e presidente da Famup, Buba Germano.