João Pessoa
Feed de Notícias

Governador recebe projeto de grupo português para construção de fábrica

sexta-feira, 25 de março de 2011 - 17:21 - Fotos: 

O governador Ricardo Coutinho recebeu projeto do Grupo português Cimpor – Cimentos do Brasil, para construção de uma fábrica no município do Conde, no Litoral Sul do Estado, na tarde desta sexta-feira (25). O empreendimento, projetado pelo grupo português, prevê a parceria com o Governo do Estado para a utilização do lixo para gerar energia.

Segundo o governador, este é um tipo de investimento adequado para uma proposta sustentável de tratamento do lixo. Para ele, o projeto irá gerar desenvolvimento econômico para o Estado, através da geração de empregos, mas deve envolver toda sociedade.

“Esse é um processo importante. Temos que envolver as cooperativas que aqui existem e envolver a sociedade no processo como um todo. Nos interessa muito que ele seja aplicado na Paraíba. Um dos maiores problemas do mundo é a questão do lixo. Há tecnologia sendo desenvolvida na Alemanha que trata do lixo e deixa resíduos mínimos. Temos que procurar soluções e parcerias que se preocupem com a questão ecológica”, sentenciou o governador.

De acordo com o presidente da Cimpor, Alexandre Lancastre, com a apresentação do projeto Caxitu, o grupo pretende fortalecer a parceria com o governo estadual e trazer desenvolvimento econômico para Paraíba. “Esperamos ampliar o crescimento da empresa e trazer desenvolvimento para o Estado. Temos uma estrutura financeira sólida e esperamos poder contar com este Estado que tão bem nos recebeu. Fizemos um estudo da necessidade da criação de uma fábrica no Nordeste e optamos pela Paraíba, que terá a Unidade Industrial, que chamamos de Projeto Caxitu, no município do Conde”, declarou Lancastre.

De acordo com o gerente de Meio Ambiente da Cimpor/BR, Cristiano Baccin, o grupo já vem fazendo os estudos ambientais, recebendo aprovação da Sudema. “Propomos que dentro deste projeto possamos usar o lixo urbano como combustível, como gerador de energia. A Paraíba gera uma quantidade de lixo por ano que poderia ser reaproveitada. Uma parte do lixo poderia ser destinada à reciclagem, uma parte voltaria ao aterro e outra destinada à nossa fábrica para produção de energia”, ressaltou.

O governador Ricardo Coutinho participou de um almoço com empresários do ramo, acompanhado pelo secretário executivo da Casa Civil, Lúcio Flávio Vasconcelos; do secretário estadual de Indústria e comércio, Marcos Procópio e da presidente da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep), Margarete Bezerra.