João Pessoa
Feed de Notícias

Governador recebe Caravana do Nordeste contra o Trabalho Infantil

segunda-feira, 28 de maio de 2012 - 22:40 - Fotos:  José Marques/Secom-PB

Foto: José Marques/Secom-PB

A Caravana do Nordeste contra o Trabalho Infantil – Agenda Paraíba visitou o governador Ricardo Coutinho, nesta segunda-feira (28), em seu gabinete, no Palácio da Redenção, em João Pessoa. Na ocasião, quatro adolescentes, alunos de escolas públicas da Capital e dos municípios de Lucena e Montadas entregaram uma carta elaborada por 73 alunos solicitando ações de combate ao trabalho infantil na Paraíba.

Dentre as reivindicações estão a implantação de oficinas e projetos voltados para o enfrentamento do trabalho infantil; capacitação continuada para profissionais do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil –Peti; do Projovem e Mais Educação. O estudante Edmilson Gomes leu a carta e agradeceu ao governador pelo diálogo aberto com os Adolescentes Protagonistas da Paraíba, movimento que ele integra.

Ricardo Coutinho agradeceu a iniciativa dos estudantes Edmilson Gomes, de Lucena, Jefferson Soares, de Montadas, Maria Alícia e Lindinalva Oliveira, de João Pessoa, pela preocupação com o combate ao trabalho infantil e representarem as crianças e adolescentes da Paraíba. O governador apontou algumas ações na área da educação voltadas para crianças e adolescentes, a exemplo das escolas de tempo integral que no início de 2011 eram 105 escolas e hoje já são 470 escolas. Segundo ele, essa modalidade de escola tem o papel de promover a sociabilidade dos alunos. “Eu acho que isto é fundamental e investir em reforço escolar é uma determinação minha à Secretaria da Educação”, afirmou.

Ainda no campo da educação, Ricardo Coutinho informou que atualmente 249 escolas públicas estaduais estão em manutenção, com obras de reforma ou ampliação. Quanto à capacitação de educadores em 2011, informou que 13 mil professores fizeram a formação continuada. Em relação à educação profissional, o governador citou o projeto das Escolas Técnicas Estaduais, adiantando que seis serão construídas numa primeira etapa em Bayeux, João Pessoa, Cajazeiras, Cuité, Mamanguape e São Bento. No total serão 15 unidades.

Ricardo citou ainda que o Governo tem quatro projetos de tratamento de resíduos sólidos para implantação no estado. Outra preocupação abordada pelo governador foi o tráfico de drogas que é alarmante no país. Ele defende uma política nacional para enfrentar esse problema.

A secretária do Desenvolvimento Humano, Aparecida Ramos, avaliou que o encontro foi produtivo e adiantou que vários pleitos coincidem com vários projetos do governo. Um desses pontos é a qualificação profissional para os técnicos que trabalham no Programa de Erradicação do Trabalho Infantil. Em janeiro passado, 480 profissionais foram capacitados. O Portal PB que trata da mídia sobre a criança e o adolescente é outro fato concreto. “A escola de tempo integral é um desejo e tem sido concretizado pelo governo”, afirmou a secretária.

O juiz da Vara da Infância e da Juventude, Fabiano Moura de Moura, revelou a preocupação da existência de crianças trabalhando em lixões e solicitou que o Governo, em parceria com as prefeituras, encontre soluções para este problema. Já a promotora da Infância e Juventude, Soraya Escorel, ratificou o que foi exposto na carta entregue ao governador e revelou que o Ministério Público confia na sensibilidade do Governo. “Nós confiamos que juntos e irmanados, no tempo certo, as reivindicações serão atendidas”, declarou. O secretário da Educação, Harrison Targino e o procurador do Trabalho na Paraíba, Eduardo Varandas também participaram da audiência com o governador.