João Pessoa
Feed de Notícias

Governador prestigia XVIII Noite da Cultura em João Pessoa

sábado, 5 de dezembro de 2009 - 16:52 - Fotos: 
Centenas de pessoas compareceram ao Cine Bangüe do Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa, nesta sexta-feira (4), à solenidade da XVIII Noite da Cultura. O governador da Paraíba José Maranhão prestigiou o evento promovido pelo Conselho Estadual de Cultura.
A festa teve apresentação da Orquestra Sinfônica da Paraíba sob a regência do maestro e violinista paraibano Alexander Mandl (Sasha), que atuou como regente e solista, além da participação como convidada para spallar o concerto, a violinista canadense Jeanyi Kim. O maestro e os músicos foram bastante aplaudidos pelo público que lotou o Banguê.

O grande homenageado da noite foi o artista plástico e ex-secretário de Cultura do Estado, Flávio Roberto Tavares de Melo, que recebeu o Prêmio Estadual de Cultura, no valor de R$ 10 mil. A Noite da Cultura tem o objetivo de homenagear personalidades que, através de trabalhos, obras e ações, tenham se distinguido na cultura paraibana.

Também foi homenageado, in memoriam, o cronista, jornalista e poeta Luiz Augusto Crispim, com Honra ao Mérito. A esposa do homenageado, Adilia Crispim, e os filhos Tereza e Luiz Augusto Crispim Filho receberam o diploma. A professora, escritora e poetisa Célia Maria Costa de Carvalho, recebeu Menção Honrosa. Ao lado de sua esposa, a desembargadora e presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, Fátima Bezerra Cavalcanti Maranhão, o governador José Maranhão participou da Noite da Cultura, tendo entregue o prêmio e o diploma a Flávio Tavares.

Sobre o evento ele afirmou: “hoje é uma noite de glória para a Paraíba, nós estamos fazendo justiça, com esse numeroso público, à Orquestra Sinfônica do nosso Estado que tem uma tradição muito grande e uma respeitabilidade imensa em todos os meios artísticos do Brasil”, disse o governador, afirmando que o Espaço Cultural sempre foi a casa da cultura, da arte e a e a retomada da Noite da Cultura resgata a história do Espaço Cultural, com o lançamento da revista, de obras da Biblioteca Paraibana, além das homenagens a Flávio Tavares, Luiz Augusto Crispim e Célia Carvalho.

O secretário da Educação e Cultura do Estado e presidente do Conselho Estadual de Cultura, Francisco Sales Gaudêncio, afirmou que o retorno da Noite da Cultura se reveste da maior importância para os segmentos culturais da Paraíba. “O Governo do Estado restabelece a festa da cultura como forma de homenagear e vivenciar a cultura do povo seja na música, nas artes plásticas, na dança, na literatura”, destacou Sales Gaudêncio.

O artista plástico Flávio Tavares revelou que também foi um prêmio para ele receber a homenagem ouvindo a Orquestra Sinfônica da Paraíba regida por Sacha. “Nunca na minha vida eu esperava uma homenagem tão grande”, declarou o artista. Revelou que a Secretaria da Educação e Cultura tem feito um trabalho de base com consistência forte e também com uma didática bastante aplicada. Flávio Tavares destacou que Maurício Burity vestiu a camisa e o Espaço Cultural tem se revigorado com o apoio do governador Maranhão e do Ministério da Cultura. Parabenizou ao Governo pelo retorno da Noite da Cultura.

Maurício Burity afirmou que a Noite da Cultura retoma trabalhos na área cultural e todos ganham com isto. Todos estão de parabéns. Anunciou que em 2010 a Orquestra Sinfônica, através de concurso público, retomará seu quadro original.

Sacha Mandl, 40 anos de idade, mora nos Estados Unidos há 26 anos. É sobrinho do ex-governador Tarcísio Burity. “É um orgulho muito grande retornar a terra onde nasci e encontrar um povo tão caloroso como sempre foi e uma orquestra na condição maravilhosa que está e que pode melhorar mais ainda”, declarou o violinista Sacha que retornou neste sábado, com sua esposa, a Chicago.

Ela também tocou violino na apresentação da Orquestra nesta sexta-feira. Sobre a decisão do Governo Maranhão de retomar a Noite da Cultura Sacha afirmou que “eu acho isso maravilhoso, porque cultura no mundo inteiro, é o sinal de uma tradição, uma identificação do povo, não só pelas artes plásticas, as artes encenadas, mas uma coisa global do que se tem na tradição de uma população”.
 
Glauce Burity revelou que está feliz com a decisão do governador José Maranhão em resgatar as atividades culturais na Paraíba. No Espaço Cultura, seu filho Maurício Burity está recuperando os ambientes, seu aspecto original está voltando. Em conversa com componentes da Orquestra, Glauce revelou que eles gostaram muito da presença de Sacha esta semana e que aprenderam muito com o maestro.

 
Lançamentos – Na XVIII Noite da Cultura foi lançada a revista Paraíba Cultural, publicação em que o Governo presta contas de suas ações na área cultural. A revista também divulga artigos dos conselheiros e de colaboradores. Houve ainda o lançamento de novos títulos da Biblioteca Paraíba: uma coletânea de livros reeditados ou novos títulos produzidos por paraibanos e de interesse da cultura da Paraíba. Há seis anos a coletânea não era publicada.

Duas obras foram lançadas: ‘Crônicas Escolhidas e Comentadas’, de autoria de Virginius da Gama e Melo, organizada por Ivaldete Maria da Silva, e a reedição do Dicionário Coreográfico, de autoria de Coriolano de Medeiros, uma obra do século passado. Exemplares das duas obras foram entregues ao governador por Juarez Farias, presidente da Academia Paraibana de Letras e Wellington Aguiar, diretor técnico de A União.

Prêmio e diplomas – As homenagens compreendem o Prêmio Estadual da Cultura, no valor de R$ 10 mil (dez mil reais), atribuído ao paraibano ou paraibana que haja prestado excepcionais serviços à cultura de sua terra nas artes, letras e ciências; o Diploma de Honra ao Mérito é igualmente atribuído, pelo mesmo motivo, à personalidade residente ou não no Estado; e o Diploma de Menção Honrosa, entregue a pessoas residentes na Paraíba, que tenha se destacado por sua atividade intelectual ou artística.

A escolha é específica para cada homenageado e se realiza através do voto secreto, em sessão especial do Conselho Estadual de Cultura convocada para este fim.  A revista Paraíba Cultural apresenta o balanço de suas atividades e de outros órgãos ligados à cultura paraibana, vinculados à Secretaria de Educação e Subsecretaria de Cultura, além de colaborações dos membros do colegiado e de outras personalidades convidadas.

O presidente da Academia Paraibana de Letras, Juarez Farias, os demais membros do Conselho Estadual de Cultura, o secretário chefe da Casa Civil do Governador, dentre outros secretários, o reitor da UNIPÊ, José Loureiro, dentre outras personalidades, prestigiaram a XVIII Noite da Cultura.

 

Josélio Carneiro, com fotos de Mano de Carvalho