Fale Conosco

13 de julho de 2009

Governador inspeciona obras da igreja e reafirma retomada do projeto Várzeas de Sousa



O governador José Maranhão reafirmou em Sousa o compromisso do Governo do Estado em dar continuidade às obras do projeto de Irrigação das Várzeas de Sousa. De acordo com o governador, trata-se de um projeto estruturante que teve sua primeira etapa construída ainda no seu segundo governo e que vai gerar cerca de 50 mil empregos diretos e indiretos na região, a partir do pleno funcionamento da irrigação, além de um faturamento anual de R$ 850 milhões, que terá um fator multiplicador extraordinário.

A produção de alimentos nas Várzeas de Sousa vai gerar outros empreendimentos na cidade de Sousa e demais municípios da região, e isto significa circulação de dinheiro, e geração de empregos e renda.

O governador José Maranhão, acompanhado do vice-governador, Luciano Cartaxo, viajou a Sousa na noite deste domingo (12), para prestigiar a 11ª edição do Sousa Folia, o carnaval fora de época da Cidade Sorriso, localizada no alto Sertão da Paraíba, e que comemora seus 155 anos de emancipação política, completados no último dia 10.
 
Antes, Maranhão e comitiva visitaram as obras de reconstrução da torre da Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, a igreja matriz. O bispo de Cajazeiras, Dom José Gonzáles, ao lado do padre Milton Cruz, pároco da Igreja Nossa Senhora dos Remédios, recepcionou o governador na Casa Paroquial e em seguida a comitiva visitou as obras da reconstrução da torre da igreja.

O governador José Maranhão revelou estar satisfeito com o andamento das obras na igreja, com os cuidados necessários que requer um patrimônio tombado pelo Estado. Trata-se de uma obra que está preservando as suas características culturais e históricas. “A restauração de uma igreja como aquela é uma obra de arte, não é só fazer segura, bonita e primorosa, é também respeitar a arquitetura original”, disse.

Dom José Gonzáles afirmou que a igreja tem um valor histórico e religioso, é de grande importância para a comunidade e para o Estado. A reconstrução da torre, pelo governo do Estado, é acompanhada com expectativa pela população. Ele agradeceu a atenção que Maranhão tem dado à obra.
 
O vice-governador Luciano Cartaxo, em visita a sua terra natal, afirmou que a marca do governo estadual é trabalhar. Lembrou que há dois anos a comunidade espera a reconstrução da torre da igreja e que o governador Maranhão está assegurando os trabalhos para que o patrimônio religioso e histórico seja restaurado.

O deputado federal, Marcondes Gadelha, afirmou que o povo de Sousa é um povo grato, e a visita de Maranhão tem recepção solidária da população e das lideranças. “A gente recebe o governador com festa, com entusiasmo e com a emoção que ele merece”, destacou o deputado.

O deputado estadual, Leonardo Gadelha, recepcionou o governador José Maranhão no campo de pouso da cidade de Sousa, na companhia do líder local André Gadelha, do presidente da Câmara Municipal de Sousa, vereador Denis Formiga, outros vereadores e lideranças locais. Leonardo Gadelha destacou que esta foi a terceira vez que Maranhão visita Sousa desde que assumiu o governo em fevereiro deste ano, simbolizando o carinho, o respeito que o governador tem pela cidade sorriso.

O ex-vice-prefeito, André Gadelha, disse que a visita do governador a Sousa é um presente porque ele tem amor pela cidade, está iniciando as obras da igreja, a ponte do Boi Morto e retomando as Várzeas de Sousa. Acompanharam o governador na visita a Sousa o vice-governador Luciano Cartaxo, os deputados federais Marcondes Gadelha e Wilson Santiago, o presidente da Funesc, Maurício Burity, o presidente da PBTUR, Rodrigo Freire e o deputado estadual Verissinho.

Antes de ir ao Sousa Folia, o governador José Maranhão visitou o Centro de Treinamento e Formação de Professores, Governador Antonio Mariz, onde foi recepcionado pela diretora Elizabeth Braga Rolim Vieira. Em seguida, Maranhão também fez uma visita a residência do empresário André Gadelha. No Sousa Folia, Maranhão foi abraçado por muitos sousenses e visitou vários camarotes.

Josélio Carneiro, com fotos de Evandro Pereira, da Secom