João Pessoa
Feed de Notícias

Governador inaugura barragem que beneficia mais de 100 mil habitantes

sexta-feira, 13 de abril de 2012 - 07:44 - Fotos:  José Marques/Secom-PB

Às 10h deste sábado (14), o governador Ricardo Coutinho inaugura a barragem de Jandaia, na zona rural de Bananeiras, beneficiando mais de 100 mil habitantes dos municípios de Bananeiras, Cacimba de Dentro, Solânea, Araruna, Tacima, Dona Inês e Distrito de Tabuleiro. A obra custou R$ 18,1 milhões e foi concluída no final do mês passado.

O secretário de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Ciência e Tecnologia, João Azevedo, informou que a obra é importante para a região, pois possibilitará que, em parceria com a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), seja construída uma rede de adutoras para melhorar o abastecimento de água na região.

De acordo com Azevedo, a barragem de Jandaia tem capacidade para dez milhões de metros cúbicos e uma vazão de 236 litros por segundo. Ele explicou que a obra constou da reconstrução do maciço da barragem, construção do sangradouro, tomada d’água, pavimentação da coroa e recuperação de áreas degradadas com plantio de mudas nativas. 

Recursos – A barragem de Jandaia foi iniciada em novembro de 2010, com recursos próprios e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O atual governo pagou 94% da obra (R$ 17.019.294 milhões) e os 6% restantes (R$ 1.100.515,96) foram pagos pelo governo anterior.  

Empregos – Executada pela construtora Rocha Cavalvante, a obra gerou 150 empregos diretos, com a utilização de boa parte de trabalhadores dos distritos de Chã de Linfolfo, Tabuleiro e da zona rural de Bananeiras.

Um exemplo é Ivonete Bento da Silva, moradora do assentamento Nossa Senhora do Socorro, trabalha como cozinheira da obra, assim como outros moradores de assentamentos vizinhos à barragem. Ela destacou que a barragem de Jandaia vinha sendo prometida desde o ano 2000, mas só agora, com o governador Ricardo Coutinho, foi concretizada e será inaugurada.

Segundo ela, a população tem acesso à água por meio de cisternas abastecidas por carros pipa – e, quando acaba ,a situação fica muito difícil, tanto para o consumo humano como para o de animais. “Para mim, a barragem de Jandaia significa uma fonte de renda e a esperança de que, com as adutoras que vão levar água potável para os municípios vizinhos e os distritos de Bananeiras, teremos um futuro melhor”, completou.