João Pessoa
Feed de Notícias

Governador garante posse de 14 empresas em DI de Campina

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011 - 13:11 - Fotos:  Cláudio Goes/Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho e a presidente da Cinep, Margarete Bezerra Cavalcanti, assinaram nesta terça-feira (20) o termo de ratificação e outorga de posse de 14 empresas do Complexo Industrial Wallig, em Campina Grande. As áreas foram adquiridas por R$ 7.865.894,06 junto ao BNDES pelos empresários por intermédio do Governo do Estado, que conseguiu reduzir o valor inicial, fixado em R$ 20 milhões.

“Essas áreas são agora patrimônio dos empresários. Aqui não vai ter mais BNDES”, proclamou Ricardo, que ressaltou a geração de 962 empregos diretos. Com a regularização das áreas, as empresas vão ter direito a acesso a mais crédito com perspectivas de expandir a produção.

Ricardo lembrou que a cessão do complexo foi autorizada na gestão de Cássio Cunha Lima em parceria com o BNDES. Com a saída dele do Governo, o contrato foi encerrado. “Cássio não pode comparecer, pois está acompanhando o seu pai, Ronaldo Cunha Lima, que passa por tratamento médico, mas me ligou e manifestou seu contentamento pela regularização dessas áreas”, enfatizou Ricardo.

O vice-governador Rômulo Gouveia também destacou o empenho do governador na concretização da outorga da posse pelas empresas. Ele citou que foi procurado por empresários que estavam aflitos com o fim da cessão, e que ao levar o problema ao conhecimento de Ricardo, ele agiu rapidamente em defesa da indústria local.

Em seguida, o presidente da Fiep, Buega Gadelha, disse que a regularização do Condomínio Wallig era mais uma ação do Governo em defesa da indústria paraibana. Já Renato Lago, da Plastman, agradeceu em nome dos empresários pelo incentivo ao desenvolvimento, fortalecendo os empreendimentos e gerando empregos na região de Campina. “O que Cássio iniciou Ricardo conclui”, finalizou Renato.

Condomínio – A área da Wallig é de 94.645,44m², com 14 empresas instaladas no ramo têxtil (Pivete, Penaforte, Canti e Zully´s), fabricação de computadores (N3), calçados (Montenegro), móveis (Aiam), gráfica (Griff), metal (Mec. Porto, Girê, Marcoserv e Imetal) e fabricação de artefatos plásticos (Plastman e Duraplast). O condomínio está localizado em área nobre do Distrito Industrial Geraldo Dias.