João Pessoa
Feed de Notícias

Governador estreia programa na web e cria mais um canal de comunicação

sexta-feira, 20 de maio de 2011 - 10:08 - Fotos:  Francisco França/Secom-PB

De forma inédita no país, o governador Ricardo Coutinho estreou nesta quinta (19) o programa ‘Fala Governador na web’ interagindo com os internautas sobre educação, saúde, abastecimento de água, comércio eletrônico, abastecimento de água e segurança.

Ao longo de 1 hora e 40 minutos, quase 3 mil internautas assistiram ao programa, que foi um dos assuntos mais comentados do dia no twitter em João Pessoa . “Esse é um governo que não tem medo de debater e interagir com as pessoas, seja através do rádio todas as segundas, da internet ou nas plenárias do Orçamento Democrático. O programa exibido no site www.paraiba.pb.gov.br teve como mediador o jornalista Ulisses Barbosa.

A primeira pergunta dos internautas foi sobre a implantação de mais escolas em tempo integral. O governador Ricardo Coutinho respondeu que com o programa Mais Educação a Secretaria de Educação está iniciando no segundo semestre o ensino integral para 239 escolas em 31 municípios, saindo das atuais 134 escolas em apenas 6 municípios. “Esse é um processo que vai se aprofundar ainda mais quando começarmos a implementar o ensino profissionalizante para os alunos do ensino médio em um segundo turno”.

O governador citou programas como o Brasil Alfabetizado e o Pacto pelo Desenvolvimento Social com os municípios como ferramentas fundamentais para reduzir a taxa de analfabetismo que chega a 21,7%.  Ele também destacou a parceria com a UEPB para que seja incluído na grade curricular dos cursos de licenciatura a alfabetização de uma turma de no mínimo 30 pessoas. “Imagine o exercito que vamos ter estudantes que vão ajudar na redução da taxa de analfabetismo e ao mesmo tempo ganhar experiência”.

Já o internauta Keneddy perguntou se o governo vai implantar um campus da UEPB no município de Sapé. Ricardo respondeu pela localização estratégica acredita que sim, mas disse que para fazer a ampliação de qualquer órgão público é preciso ter a fonte de recursos. “Existe uma vontade muito grande da administração da instituição em cobrir com ensino superior o Estado como um todo, principalmente em duas áreas que estão descobertas: o Vale do Piancó e o Vale do Paraíba”.

Outra questão frisada pelo governador foi a criação de 20 escolas técnicas profissionalizantes e a implantação de uma escola técnica de saúde em Sapé, com a possibilidade de ampliar, junto com a UEPB, também o ensino superior. “É algo importante para formar novos profissionais e suprir a necessidade do hospital regional de Guarabira e da Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Quero ver a UEPB comandando esse processo”, frisou.

O internauta Danúbio Pontes perguntou sobre como o usuário pode utilizar a integração intermunicipal e os benefícios. O governador disse que a Paraíba é o primeiro Estado do país a realizar a integração dos ônibus intermunicipais e é bom para usuário que só paga 50% do segundo trecho e viaja com mais segurança, os trabalhadores rodoviários com a garantia dos seus empregos e as empresas com o retorno de passageiros.

Tancredo, de Uiraúna, perguntou ao governador sobre investimentos na saúde na região. O governador disse que o Estado está investindo R$ 5 milhões na estruturação de uma rede de 76 hospitais de pequeno porte e mais R$ 2 milhões por mês na criação de uma rede de maternidades. Ele destacou que os todos os municípios terão acesso ao edital dentro do Pacto pelo Desenvolvimento Social para estruturar a sua rede de saúde básica de forma a desafogar os hospitais regionais.

Internautas também perguntaram sobre a convocação dos aprovados nos concursos da Polícia Militar, Polícia Civil e Agentes Penitenciários. O governador admitiu que esse é um drama do Estado e dos concursados porque o governo não pode aumentar a sua folha salarial ou contratações devido as restrições da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).  “Encontramos um quadro de muitos concursos e poucos convocados, deixando a conta para o novo gestor e aumentando o rombo financeiro. Mesmo assim, nestes 4 meses e 18 dias de 2011, o governo atual contratou mais concursados que o governo anterior”, garantiu Ricardo.

O governador informou ainda que, mesmo diante das dificuldades, foram contratados professores de filosofia, 150 para a Polícia Civil e avisou que no segundo semestre deste ano convocará 350 policiais militares do curso de formação e 64 agentes penitenciários. “O mais importante é entender que o Estado não é só uma folha de pessoal para administrar, mas é o remédio, os insumos dos hospitais, a escola que precisa funcionar bem, a estrada que precisa ser feita, o abastecimento de água nos municípios”.

Ricardo Coutinho também falou sobre comércio eletrônico, segurança, abastecimento de água e recuperação de estradas.  Ele respondeu ao internauta Wandel que a estrada Alcantil a Santa Cecília deverá ser incluída na próxima etapa do programa Caminho da Paraíba e que nesta sexta-feira irá assinar a Ordem de Serviço para reinício das obras da rodovia PB-196, no trecho que vai da BR-104 a Riacho de Santo Antônio, numa extensão de 10,5 km. “O governo só dará ordem de serviço em obras que possa concluir. Mas mesmo assim temos o maior programa de estradas da Paraíba”, assegurou.