João Pessoa
Feed de Notícias

Governador encaminhará pedido para AL autorizar investimentos do BIRD

sexta-feira, 3 de junho de 2011 - 17:35 - Fotos:  José Marques/Secom-PB

Ricardo Coutinho durante reunião dos governadores do Nordeste, em Recife.Foto: José Marques/Secom-PB

Os estados nordestinos terão acesso a empréstimos de 3,5 bilhões de dólares disponibilizados pelo Banco Mundial para investimentos em programas de erradicação da miséria, infraestrutura e educação. O anúncio foi feito pelo presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick, durante reunião com sete governadores do Nordeste na tarde desta sexta-feira (3), no Palácio das Princesas, sede do governo de Pernambuco.

O governador Ricardo Coutinho informou que nas próximas semanas enviará para a Assembleia Legislativa um pedido de autorização para o Estado receber os investimentos, assim como deverá fazer todos os nove governadores do Nordeste. “Estamos aptos a receber esses recursos a serem investidos em áreas estratégicas que serão importantes para o desenvolvimento da Paraíba como um todo”, completou.

Após a reunião, Ricardo Coutinho disse que ficou definido que não haverá disputa dentro do Nordeste para obtenção dos recursos, mas a apresentação de uma proposta conjunta de acordo com a capacidade de endividamento, de pagamento e necessidades com bases nos indicadores sociais que possibilite a divisão entre todos os nove estados da região.“O fórum de governadores do Nordeste tem sido um espaço importante que está acima de forças ou tendências partidárias. Nesse contexto estaremos em Fortaleza na próxima semana para discutir a questão tributária e do futuro empréstimo”, destacou.

Durante encontro, Ricardo Coutinho colocou para a diretoria do banco que um grande problema na efetivação desses empréstimos é a falta de agilidade com casos onde se demora de quatro a cinco anos para serem liberados. “Isso está fora de propósito. Um dos nossos pedidos feitos ao Banco Mundial foi para que a instituição trate essa relação com mais agilidade para poder dar respostas aos projetos e investimentos direcionados ao desenvolvimento da Paraíba”, destacou o governador.

O presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick, disse que essa foi uma parte importante da sua visita ao Brasil para intensificar a cooperação do banco com governadores dos estados nordestinos.  “O Nordeste é agora a região que mais cresce no Brasil e por isso há muito trabalho a ser feito. Nós temos a ciência que é uma região que tem muita pobreza e trabalho a ser feito”.

Investimentos devem dobrar – Os empréstimos destinados ao Nordeste pelo Banco Mundial no ano fiscal entre julho de 2011 a julho de 2012 devem somar U$$ 3,5 bilhões de dólares e no Brasil cerca de U$$ 6 bilhões. A média dos empréstimos nos últimos anos foi de 3 bilhões para o país, sendo 500 milhões de dólares direcionados ao Nordeste no setor público e mais R$ 450 milhões no setor privado.

O presidente do Banco Mundial, Robert Zollick, acrescentou que a instituição pretende dobrar os empréstimos concedidos ao Brasil, principalmente ao Nordeste, com programas de erradicação da miséria, infraestrutura e educação. “Existe uma nova geração de líderes no Nordeste e são eles e o povo que vão fazer a diferença, por isso, vim ouvir as suas ideias e discutir sobre como podemos ajudar e dar apoio no desenvolvimento de seus estados”, completou o norte-americano.