João Pessoa
Feed de Notícias

Governador em exercício recebe documento com reivindicações de trabalhadores rurais

terça-feira, 21 de julho de 2015 - 18:52 - Fotos: 

O governador em exercício, Adriano Galdino, recebeu um documento referente à pauta do 2º Grito da Terra e das Águas da Paraíba, com reivindicações de melhorias para trabalhadores rurais. O encontro aconteceu na tarde desta terça-feira (21), no Palácio da Redenção, no qual uma comitiva da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba (Fetag-PB) apresentou os principais tópicos da carta.

Na reunião, estiveram presentes o secretário de Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), Rômulo Montenegro, e uma comitiva da Fetag-PB, formada pelo presidente Liberalino Lucena, a secretária-geral, Cleide Araújo, o secretário de Políticas Sociais, Rosivaldo Fernandes, o secretário da Agricultura Familiar, Assis Firmino, e os assessores Ivanildo Dantas e Geane da Costa.

Um dos principais pontos abordados na audiência foi a seca, que já atinge o estado há cinco anos. “Estamos enfrentando uma das piores secas que nosso estado já atravessou. Necessitamos que as políticas públicas, que já existem, cheguem de fato aos trabalhadores e trabalhadoras rurais, além da criação de novas medidas. Estamos solicitando a finalização do projeto de transposição das águas do Rio São Francisco e a integração das bacias no estado”, afirmou o presidente da Fetag-PB, Liberalino Lucena.

A respeito dessa questão, o secretário da Sedap, Rômulo Montenegro, informou que haverá uma reunião na próxima semana para atender às questões mais urgentes. “Temos ferramentas como o Procase, Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Cariri, Seridó e Curimataú, que servirão para sanar alguns desses problemas”, pontuou.

Outro aspecto discutido foi a questão da segurança pública, que atinge também a zona rural, principalmente mulheres e idosos. O governador em exercício, Adriano Galdino, ressaltou que a atual gestão tem especial interesse pelo assunto, desenvolvendo políticas que garantam direitos a esta parcela da população, através da Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana (Semdh). Ele destacou ainda a expansão das Delegacias da Mulher no interior do Estado.