João Pessoa
Feed de Notícias

Wellington Dias defende distribuição dos royalties do petróleo e gás

terça-feira, 9 de dezembro de 2014 - 18:56 - Fotos:  Francisco França / Secom-Pb

A distribuição justa dos royalties do petróleo e gás extraídos no mar, o fortalecimento da viação civil, mais investimentos na saúde priorizando as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), mais recursos para a irrigação e o aumento da produção de energias renováveis e produção mineral foram as principais pautas do governador eleito do Piauí, Wellington Dias (PT), em seu pronunciamento no Encontro dos Governadores Eleitos do Nordeste realizado nesta terça-feira (9), no Centro de Convenções de João Pessoa.

Sobre a aviação civil Wellington Dias afirmou que a aviação regional é fundamental para o Nordeste. “Não se trata só dos aeroportos, mas da integração da região”, disse.

Quanto à Lei dos royalties, que está suspensa pelo Supremo Tribunal Federal (STF), Dias defendeu que a distribuição seja justa. “Petróleo e gás pertencem à nação. A ideia é que a distribuição seja justa. A Paraíba, por exemplo, deixou de receber em dois anos cerca de R$ 700 milhões porque a lei não entrou em vigor ainda. O Supremo precisa colocá-la em pauta”.

Na área da saúde, o governador eleito do Piauí, que é senador da República e já governou o Estado por dois mandatos, ressaltou que o Governo Federal precisa priorizar os investimentos nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e fazer funcionar as que foram construídas.

Wellington Dias defendeu ainda a liberação de mais investimentos para a agropecuária, com mais irrigação, o que garantirá mais produção de alimentos.

Ele destacou ainda que os juros do Banco do Nordeste estão no patamar dos juros cobrados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e que a política de juros do BNB precisa  baixar suas taxas, como era antes.

Sobre a questão da segurança pública no Nordeste, Wellington Dias defende a criação de um fundo específico. “É preciso a participação efetiva da União; o comando unificado na região é fundamental e se faz necessário mais recursos para o aumento dos efetivos das polícias”.

A ampliação do setor de energias renováveis no Nordeste e mais infraestrutura para a produção mineral também foram pautas apontadas por Dias, que finalizou sua fala se colocando à disposição do fórum “Me coloco à disposição e animado a contribuir com este fórum. Esta reunião nos permite pautar os temas essenciais no Brasil e em especial no Nordeste”.

De acordo com Dias, as reuniões do Fórum dos Governadores do Nordeste devem voltar a ocorrer a cada três meses. Ficou definido neste encontro de João Pessoa que a próxima será em Natal-RN, no mês de março, tendo como anfitrião o governador Robinson Faria (PSD).