João Pessoa
Feed de Notícias

Governo assina contrato com a CEF para melhorias no abastecimento

quinta-feira, 28 de abril de 2011 - 14:57 - Fotos:  José Marques/Secom-PB

Ricardo assina o contrato que beneficiará abastecimento na Grande João Pessoa. Foto: José Marques/Secom-PB

A Paraíba deverá ser o primeiro Estado do país a realizar obras dentro do PAC 2, após a assinatura nesta quinta-feira (28), de cinco Termos de Compromisso entre a Caixa Econômica Federal e o governo do Estado no valor de  R$ 67,5 milhões  para a realização de obras de melhorias do sistema de abastecimento d’água, implantação de esgotamento sanitário  e projetos de urbanização em João Pessoa, Bayeux, Cabedelo e Santa Rita e Conde.

O primeiro contrato assinado pelo governador e pelo superintendente regional da Caixa em exercício, Celizo Bezerra Filho, prevê investimentos no valor de R$ 2.021.959,00 para universalização do esgotamento sanitário de João Pessoa, Cabedelo, Bayeux e Conde. Mais  R$ 1. 174.284,00 serão investidos para a implantação do abastecimento de água dos municípios da região metropolitana da Capital.

Dentro dos recursos liberados pelo PAC 2, R$ 30,4 milhões serão aplicados na melhoria do sistema de abastecimento d’água de João Pessoa. As obras vão duplicar a capacidade da Estação de Tratamento de Água de Gramame, que dos atuais 1,9 m³/s passará a tratar 3,8 m³/s. Isso significará mais água potável nas torneiras dos moradores de João Pessoa, Cabedelo, Bayeux e Várzea Nova (em Santa Rita).

Outros R$ 33,4 milhões vão ser aplicados na implantação do esgotamento sanitário nos bairros do Valentina Figueiredo e adjacências, José Américo, Colibris, Água Fria e praias do Seixas e Penha. Serão realizadas mais de 11 mil ligações domiciliares, além da instalação de rede coletora, estação elevatória e emissário.

O governador Ricardo Coutinho disse que com essas obras a cidade de João Pessoa ficará 75% saneada e os municípios da região metropolitana vão aumentar significativamente as áreas com saneamento básico. “Isso é algo muito significativa porque dentro do PAC 1 a Paraíba possuía 24 obras inscritas, das quais 23 estavam paralisadas e havia apenas uma em andamento, mas com atraso. Graças a parceria da Caixa e a nossa equipe de governo temos hoje 22 obras do PAC em ritmo normal e as duas que faltavam por estarem em processo de tomada de contas no TCU serão reiniciadas em maio com a assinatura da Ordem de Serviço da Adutora São José, em Campina Grande, e da Translitorânea. Estamos reestabelecendo o ritmo normal dessas obras do PAC 1”, avaliou Ricardo.

Governador fala da importância do convênio para a Grande João Pessoa. Foto: José Marques/Secom-PB

Investimentos da Paraíba – O governador destacou ainda que dentro do PAC 2, o Estado irá investir R$ 5,4 milhões para o saneamento básico no município de Guarabira, R$  11,5 milhões para o saneamento de Cajazeiras, R$ 2 milhões para o saneamento em Cabedelo e outros 1,1 milhão para implantação do sistema de abastecimento de água em Cabedelo. “São obras que nos coloca numa posição de estímulo para captação de recursos em Brasília e para fazer o dever de casa, melhorando a qualidade de vida dos paraibanos e movimentando a economia”, comentou.

O superintendente regional da Caixa em exercício, Celizo Bezerra, ressaltou a importância do elo que está sendo firmado entre a Caixa e o governo do Estado, com investimentos superiores a R$ 1 bilhão em obras de saneamento, abastecimento, urbanização, habitação e no Centro de Convenções. “A Caixa tem sido parceira do governo do Estado nestes 117 dias de gestão e continuará sendo nos próximos 1.342 dias que restam porque a nossa missão é promover o desenvolvimento do Estado com inclusão social”, ressaltou.

Celizo informou que a taxa média de saneamento de João Pessoa antes das obras do PAC era de 53% e após a conclusão chegará a 75% o que é relevante diante do tamanho da Capital. “Ë importante que as obras de saneamento e abastecimento também contribuirão para a melhoria da qualidade de vida de cidades de outras regiões do Estado”, afirmou.

Governo Federal pré-seleciona obras do PAC 2

O governo Federal pré-selecionou os projetos do Governo da Paraíba dentro do PAC 2, num investimento de R$  mais de R$ 1 bilhão nas áreas de abastecimento de água e esgotamento sanitário. De acordo com o secretário executivo do PAC na Paraíba, Ricardo Barbosa, projetos foram inscritas dentro do prazo e cumpriram as exigências técnicas dos ministérios das Cidades e Integração Nacional.

“Estamos dando passos importantes para ampliar as áreas de saneamentos de Cajazeiras, Santa Rita, Guarabira e de municípios da grande João Pessoa”, completou.

Confira as propostas pré-selecionadas do PAC 2

Sistema de abastecimento de água de Gramame e adutoras – 30,4 milhões (Ministério das Cidades

Esgotamento do Valentina e adjacências, Penha, Seixas, José Américo, Colibris e Ägua Fria – R$ 33, 4 milhões (Ministério das Cidades)

Implantação de barragem de nível para abastecimento de água em Santa Rita – R$ 1,6 milhões (Ministério das Cidades)

Esgotamento Sanitário no Loteamento Primavera e adjacências em Guarabira-  R$ 5,4 milhões  (Ministério das Cidades)

Sistema de esgotamento sanitário em Cajazeiras – R$ 11,5 milhões (Ministério das Cidades)

Sistema de Abastecimento de água na região metropolitana de João Pessoa- R$ 1,1 milhão (Ministério das Cidades)

Sistema de Esgotamento Sanitário na região metropolitana de João Pessoa R$ 2 milhões (Ministério das Cidades)

Elaboração dos projetos de urbanização da comunidade laranjeiras R$ 585 mil (Ministério das Cidades)

Implantação da Barragem de Mamanguape R$ 75 milhões (Ministério da Integração)

Implantação do canal das Vertentes Litorâneas  R$ 895 milhões (Ministério da Integração)