João Pessoa
Feed de Notícias

Governador defende eficiência e paz nas escolas da rede pública

segunda-feira, 9 de novembro de 2009 - 15:56 - Fotos: 
O Governo do Estado está projetando levar à população um ensino de qualidade, seguido de planejamento estratégico, que consiste em preparar os gestores educacionais a atenderem com mais eficiência na rede pública, ao tempo em que discute uma mobilização para trazer de volta a paz nas escolas. Estas diretrizes do setor na Paraíba constam do Seminário Estadual de Educação, aberto nesta segunda-feira (9) e que terá novas etapas até março de 2010. As metas foram lançadas pelo governador José Maranhão na manhã desta segunda-feira (9), no Teatro Paulo Pontes do Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa.

A abertura do evento contou com a participação do vice-governador Luciano Cartaxo e de pelo menos mil pessoas, entre professores, gestores de escolas da rede pública de ensino, servidores do Estado, além de políticos, secretários da administração estadual e prefeitos municipais. O repentista Oliveira de Panelas fez a saudação aos presentes.

Cuidando do futuro – O governador José Maranhão agradeceu a presença de todos na abertura do seminário, conclamando para que “cuidem do futuro da Paraíba”, acrescentando que “sem educação a Paraíba não terá vez”. Lembrou da importância que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva dá a educação nas pequenas cidades com a criação de campi universitários, para que as pessoas possam fazer um curso superior sem precisar se deslocar aos grandes centros, além de oferecer cursos que atendam as necessidades dessas regiões.

“Esse seminário chegou em boa hora, pois acreditamos que podemos melhorar a qualidade do nosso ensino. Precisamos produzir o suficiente para tranquilizar a população. Como sempre digo: se em tamanho não somos o maior Estado do Brasil ou do Nordeste, precisamos ser o melhor, principalmente na área da educação”, disse.

Palestras – Depois da abertura do governador, aconteceram palestras do professor José Jackson Carneiro de Carvalho sobre o ‘Plano Nacional de Educação’; a secretária da Educação e Cultura do Paraná, Yvelise Freitas de Sousa Arcoverde, abordou o tema ‘Políticas públicas de formação dos profissionais da educação’, e o coordenador do Movimento pela Paz, Almir Laureano dos Santos falou sobre a semana de cultura pela paz nas escolas, que está sendo organizada.

Na abertura do Seminário Estadual de Educação, o governador José Maranhão disse que estava contente pela adesão da sociedade à iniciativa. Reconheceu a necessidade de se fazer mais investimentos no setor para criar um ambiente melhor às futuras gerações. Destacou o ensino profissionalizante como fundamental para abrir caminhos de geração de empregos e renda para os jovens.

Ensino de qualidade – “Acreditamos que podemos melhorar a qualidade do ensino na Paraíba, e isso começa com a capacitação de professores e gestores das escolas”, comentou. Disse estar empreendendo esforços para recuperar a rede física das escolas, com a construção ou recuperação de unidades.  Reclamou da burocracia que retarda a liberação de recursos do Governo Federal e com isso as obras que poderiam ser feitas em tempo recorde ficam paralisadas.

O secretário da Educação e Cultura, Francisco Sales Gaudêncio, explicou a finalidade do seminário e destacou a busca do Governo do Estado em oferecer, cada vez mais, uma escola de qualidade ao povo paraibano, sem esquecer também de priorizar uma campanha de paz nas escolas, numa ação que conta com a participação de órgãos da sociedade organizada.

O planejamento que está se realizando busca a qualidade do ensino e também será discutido em cinco cidades no Estado, envolvendo pelo menos 1.500 gestores. Os principais objetivos são a valorização e a qualificação dos gestores, para que se alcance a melhoria desejada.

Ainda na abertura do evento, foram disponibilizados documentos, leis, informativos, que deverão contribuir para a melhoria do desempenho da gestão escolar. Serviu também para incentivar a valorização da prática profissional e da continuidade na formação dos gestores, como também estimular a participação efetiva no desenvolvimento dos projetos das escolas e o intercâmbio de experiências em gestão escolar.

O evento – Com duração 40 horas, o seminário será organizado em dois momentos: o primeiro sobre aspectos administrativos da gestão e o segundo sobre as temáticas pedagógicas. O grande número de participantes levou a organização do evento a optar por realizar o seminário em quatro locais: João Pessoa, Alagoa Grande, Sapé e Sousa.

Em João Pessoa participam os gestores (480 diretores e vice-diretores) da 1ª e 12ª Gerências Regionais de Educação e Cultura, na Escola de Serviço Público do Estado da Paraíba (Espep), nos períodos de 30 deste mês a 4 de dezembro próximo e de 22 a 26 de fevereiro de 2010.

Os gestores da 3ª Gerência Regional de Educação, com sede em Campina Grande, vão ao Centro de Treinamento de Alagoa Grande, onde serão reunidos 305 educadores, de 16 a 20 deste mês e de 15 a 19 de março de 2010. Outros 502 gestores das 6ª, 7ª, 8ª, 9ª, 10ª e 11ª participarão do simpósio no Centro de Treinamento de Sousa, em duas semanas. Na primeira, o treinamento será no período de 1º a 5 de março de 2010 para educadores das 6ª, 9ª e 11ª gerências e na segunda semana será a vez das 7ª e 8ª. Os gestores da 10ª Gerência Regional de ensino vão se reunir entre 8 a 12 de março de 2010.

Já os 171 gestores restantes da 2ª, 4ª e 5ª gerências se reúnem no Centro de Treinamento de Sapé, de 23 a 27 deste mês, totalizando assim 1.458 diretores e vice-diretores dos 223 municípios.

Os gestores vão abordar temas como política de formação de profissionais da Educação; plano de cargos, carreira e remuneração do magistério; reposição de aulas, calendário escolar, projeto político pedagógico escolar, apresentação do quadro de necessidades por escola, uso do laboratório de informática, transporte escolar, merenda escolar, políticas públicas direcionadas ao Ensino Fundamental, estruturação do currículo do Ensino Médio e censo escolar.

José Nunes, com fotos de Antonio David, da Secom-PB