João Pessoa
Feed de Notícias

Governador assina ordens de serviços para pavimentação e restauração de rodovias

quinta-feira, 12 de maio de 2011 - 18:14 - Fotos: 

O governador Ricardo Coutinho assina nesta sexta-feira (13) e sábado (14) mais três ordens de serviços que vão garantir a pavimentação e restauração de rodovias paraibanas nas regiões do Cariri e do Sertão paraibanos. Além de modernizar a infraestrutura da malha viária estadual, as obras vão garantir conforto e segurança aos usuários das rodovias. Serão investidos mais de R$ 26,6 milhões.

Na sexta-feira (13), às 10h, na Praça das Pelotas (em frente à rodoviária), no município de Taperoá, o governador Ricardo Coutinho assina a ordem de serviço para a restauração das rodovias PB-228 e PB-238, no trecho que vai até o entroncamento da BR-230/Taperoá.  O Governo do Estado vai investir R$ 7.382.470,82. Em seguida, às 11h30, ele assina a ordem de serviço para a pavimentação da PB-226 – no entroncamento da PB-238/Livramento, onde serão aplicados recursos da ordem R$ 4.006.982,55.

Já no sábado (14), às 10h, em frente à igreja de Matureia, o governador assina a ordem de serviço para o reinício da restauração da rodovia PB-306, no trecho entre Matureia/Princesa Isabel, no Sertão do Estado, com uma extensão de 99,8 km. A rodovia PB-306 tem um tráfego médio diário de 521 veículos, entre automóveis, camionetas, ônibus, caminhões e motos. Os principais municípios beneficiados são Maturéia, Imaculada, Água Branca, Juru, Tavares, Princesa Isabel e São José de Princesa. O Estado investirá R$ 15.270.749,83, recursos provenientes do Tesouro do Estado e da CAF (Corporação Andina de Fomento). Serão beneficiadas 76.171 habitantes. A Secretaria da Infraestrutura e o Der-PB são os órgãos envolvidos na restauração da rodovia.

Os principais serviços a serem executados nas referidas rodovias são reciclagem da camada de base, recapeamento asfáltico na pista de rolamento e dos acostamentos, recuperação e limpeza do sistema de drenagem, roço manual e sinalização horizontal e vertical.

A restauração das rodovias vai apoiar o desenvolvimento sócio-econômico do Estado; promover a integração entre os municípios da região; facilitar o escoamento da produção econômica regional; modernizar a infra-estrutura rodovia estadual; melhorar a qualidade de vida da população local e oferecer conforto e segurança aos usuários da rodovia.