João Pessoa
Feed de Notícias

Governador assina convênios e investe R$ 565 mil na saúde

segunda-feira, 10 de outubro de 2011 - 15:34 - Fotos: 

Governador assinando convênio do Hospital Pedro I e o Instituto de Assistência à Saúde. Foto: Claudio Goes/Secom-PB

A assinatura, pelo governador Ricardo Coutinho, de convênios com o Hospital Dom Pedro I e o Instituto de Assistência à Saúde foi o evento que abriu, nesta segunda-feira (10), a programação de 147 anos de emancipação política de Campina Grande. Os investimentos chegam a R$ 565 mil.

Conforme o convênio, o Hospital Dom Pedro I, que é filantrópico, vai disponibilizar 30 leitos de  enfermaria aos pacientes clínicos e três leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), além de espaço físico para atendimento de pacientes egressos da ortopedia do Hospital de Trauma de Campina Grande, devidamente agendados. As consultas serão realizadas por profissional especialista do Trauma.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) vai ceder equipamentos para o hospital, em regime de comodato, para serem utilizados no centro cirúrgico e na UTI. Entre esses equipamentos, carros de anestesia , seis monitores multiparamétricos e uma mesa de arco cirúrgico , que possibilita a alta realização de procedimentos de alta complexidade em neurocirurgia, ortopedia, cirurgia vascular e cirurgia geral.

O convênio com o Instituto de Assistência à Saúde vai assegurar a realizar de exames pré e pós-operatórios para pacientes de transplantes.

Governador durante visita ao hospital. Foto: Claudio Goes/Secom-PB

Retaguarda – Ricardo Coutinho ressaltou que o convênio com o Dom Pedro I dará retaguarda ao Hospital de Trauma. “Hoje, 60% dos leitos do Trauma são ocupados com clínica médica e pacientes de baixa e média complexidade, que são responsabilidade dos municípios”, explicou Ricardo, que estava acompanhado do vice-governador, Rômulo Gouveia, e vereadores.

O secretário estadual de Saúde, Waldson Dias de Souza, destacou que o objetivo do Governo do Estado é proporcionar mais conforto aos pacientes de Campina Grande e região, com a locação dos leitos. Em relação ao Instituto de Assistência à Saúde, Walson acentuou que vão ser assistidos pacientes transplantados de rins e fígado.

O presidente do Conselho Diretor do Pedro I, João Clementino Filho, enfatizou que o convênio com o Governo do Estado será a redenção da unidade hospitalar, que tem 87 anos.