Fale Conosco

20 de maio de 2011

Governador assina contratos de R$ 2 milhões para pesquisa tecnológica



O governador Ricardo Coutinho assinou na tarde desta sexta-feira (20), contratos no valor de R$ 2 milhões em apoio à pesquisa tecnológica, através de recursos do Programa de Subvenção à Pesquisa em Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pappe), no auditório da Biblioteca Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

Em parceria com a Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq), órgão vinculado à Secretaria dos Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia (SERHMACT), e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), o Governo do Estado firmou acordo com as 11 empresas paraibanas que tiveram aprovados seus projetos, após serem submetidas ao Pappe.

“Nossa intenção é aproveitar as iniciativas de fomento à inovação em nossa Região, levando a Paraíba a um diálogo com o futuro. A Paraíba precisa de uma política pública que promova o diálogo entre a pesquisa e o setor produtivo. A nossa estratégia é convergir às necessidades da economia estadual e o fomento à pesquisa. Assim vamos formar uma base sólida para promoção do desenvolvimento do Estado”, frisou o governador.

Parcerias – Segundo o presidente da Fapesq, professor Cláudio Furtado, através das parcerias entre Sebrae, Fiep, Senai, PAQTC e SERHMACT, a proposta INOVA-PB – Pappe Integração no Estado da Paraíba – encaminhada pela Fapesq, foi aprovada pela Finep. “Os recursos serão aplicados na pesquisa e no desenvolvimento de processos ou produtos inovadores no Estado da Paraíba, atendendo exclusivamente às micro e pequenas empresas do Estado”, ressaltou.

O Programa deve apoiar financeiramente, na forma de subvenção econômica, o custeio de atividades de pesquisa, desenvolvimento e/ou inovação, realizados por microempresas e empresas de pequeno porte, individualmente ou em consórcio, de acordo com a Lei nº 10.973, de 2 de dezembro de 2004 (Lei da Inovação).

“Foram apresentados projetos de 100 mil a 200 mil reais, com prazo de execução de até 24 meses. As propostas submetidas versavam sobre biotecnologia, biodiversidade, agronegócios; Complexo da Saúde; Nanotecnologia, semicondutores e tecnologias da informação e comunicação; Biocombustíveis, energias e meio ambiente; Engenharias de produtos, processos, serviços e novos materiais. De 27 propostas apresentadas, 11 empresas foram beneficiadas com os recursos”, declarou Cláudio Furtado.

Empresas contempladas – Light Infocon Tecnologia s/a, com o projeto LightPol, com recursos de R$ 182.200,00; Signove Tecnologia s/a, Mantra – Sistema Integrado de Gerência e Operação Remota de Unidades de Tratamento e=20 Fornecimento de Água, R$ 178.756,00; Lerj Engenharia LTDA, Mixer digital sem fios, R$ 190.600,00; Campina Tec serviços e Soluções em Informática, Software de controle de Produção, Análise de Custo e=20 eficiência de pessoal na Indústria Textil, R$ 195.128,48; J Enock Construções e Engenharia, Ariscat T-35, R$ 189.670,00; Signove Tecnologia s/a, Avelós – Sistema de Processamento de Transações de Comércio Eletrônico entre Distribuidores de Produtos e Revendedores Habilitados, R$ 178.216,00; Compra Entrega Serviços por Internet LTDA, Desenvolvimento de interface de comunicação via celular e de sistema de=20 gestão integrado, R$ 124.703,00; E-gen Consultoria para Informática LTDA, Aumentando a competitividade das empresas de desenvolvimento de software com o e-Gen Developer integrado ao Eclipse, R$ 198.755,92; Spectrum Circuitos Eletrônicos LTDA, Desenvolvimento de placas de circuito impresso com micro sensores opto-eletrônicos de poluição e/o= umidade, R$ 194.720,00; Avaty Tecnologia LTDA, Treinamento Pervasivo, R$ 199.360,00; Raimundo Pedro de Paiva Rodrigues Junior-ME, Desenvolvimento da Linha Deluxe Pedais de Efeitos, R$ 184.200,00.