Fale Conosco

27 de maio de 2009

Governador anuncia o início da Transposição Litorânea, nesta 5ª



O governador José Maranhão apresenta nesta quinta-feira (28), o projeto de construção da Transposição Litorânea, destinada a solucionar o problema de abastecimento de água tratada da Grande João Pessoa por mais 30 anos, beneficiando uma população de quase um milhão de habitantes. Serão investidos recursos da ordem de R$ 84,2 milhões, tendo como fonte o Plano de Aceleração do Crescimento (PEC). A conclusão está prevista para dezembro deste ano. A apresentação será às 10h, no canteiro de obras da Construtora Camargo Correia, na BR-101, próximo a Manzuá.
 
O projeto foi idealizado ainda durante o Governo Maranhão 2 e esteve paralisado durante toda a gestão anterior. Com a retomada desse empreendimento, o Governo do Estado eliminará quaisquer riscos de racionamento de água em cinco municípios paraibanos do Litoral, cuja principal fonte de abastecimento é o sistema Gramame/Mamuaba, construído no governo de Tarcísio Burity há mais de 20 anos e que tinha como horizonte de atendimento o ano de 2000.
 
Os municípios beneficiados são, além de João Pessoa, Santa Rita, Bayeux, Cabedelo e o Conde. Com uma extensão de 30 quilômetros de adutora e uma barragem, serão utilizadas as bacias hidrográficas dos rios Abiaí, em Caaporã, e o Popocas, em Alhandra, onde será construída uma barragem.
 
A segunda etapa do projeto prevê a duplicação da reserva elevatória em 40 mil metros cúbicos e a ampliação de 10 quilômetros de rede, tendo uma vazão de 700 litros/segundo de água vinda da Bacia do Rio Popocas. Já na segunda etapa, a vazão será de 1.200 litros/segundo de água saindo da Barragem de Abiaí e Cupissura, no município de Caaporã. As obras vão gerar empregos para cerca de dois mil trabalhadores.

José Nunes, da Secom