Fale Conosco

8 de março de 2012

Governador anuncia investimento privado de R$ 170 milhões em CG



O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, anunciou investimento de R$ 170 milhões do Grupo Bertin Energia em Campina Grande, por meio da instalação de uma nova termelétrica no município. O anúncio foi feito durante audiência com os empresários, na manhã desta quinta-feira (8), no Palácio da Redenção. O grupo já conta com uma termelétrica em Campina Grande – a Usina Borborema, instalada no ano passado, com capacidade de 176 MW – e optou por ampliar as operações na Paraíba devido ao apoio do Governo do Estado.

O serviço de terraplanagem da nova termelétrica foi iniciado este mês e, segundo os empresários, deverá estar em funcionamento até o final deste ano. A usina terá uma capacidade instalada de 90 MW. “A Paraíba está se consolidando como um dos Estados com melhor fonte de geração de energia, dando segurança devido à ampliação do parque industrial no Estado”, destacou o presidente do grupo José Candido Faustino. O grupo paulista também antecipou o interesse de investir em energias renováveis, como a eólica e a solar.

Ricardo Coutinho comemorou a decisão e destacou que esse investimento vai garantir segurança energética não só para a Paraíba, mas para o Brasil. Ele ressaltou que a reunião foi produtiva e que o Estado está disposto a fazer o que for possível, dentro da legalidade, para viabilizar projetos que contribuam para o desenvolvimento local. “Existe uma perspectiva de investimentos privados este ano na Paraíba de mais de R$ 1 bilhão, algo muito relevante se comparado aos R$ 5 milhões investidos em 2010 e os R$ 12 milhões de 2011. Isso nos dá a certeza de que estamos no caminho certo”, avaliou.

José Faustino destacou o apoio que o grupo recebeu do governador e dos auxiliares, que trataram com profissionalismo e responsabilidade o projeto de instalação das usinas, além da oferta de mão-de-obra especializada em Campina Grande. Ele informou que os investimentos nas duas usinas chegam aos R$ R$ 540 milhões.

“Estamos gerando 700 empregos diretos com a Usina Borborema. Com essa nova termelétrica, serão gerados 60 postos de trabalho definitivos, entre engenheiros, eletricistas, técnicos e administrativos, entre outros, além de 400 empregos diretos. É a possibilidade de fixar os bons profissionais formados em Campina Grande no seu próprio Estado”, destacou Faustino.

Energias renováveis – José Faustino adiantou que o grupo está realizando estudos técnicos para a implantação de um parque eólico na Paraíba, com capacidade de 500 MW, que vem complementar com energia renovável a matriz energética nacional. Ele lembrou que o grupo possui parques eólicos no Ceará e que os estudos ainda indicarão quais as áreas viáveis na Paraíba.

A audiência também contou com a presença do advogado da Bertin, André Cabral, e do presidente da Inside Desenvolvimento Imobiliário, Athos Rache, que desenvolve projetos de energia solar e eólica utilizada na construção civil – inclusive os kits de energia fotovoltaica utilizados no programa Minha Casa, Minha Vida.