Fale Conosco

23 de setembro de 2012

Governador anuncia concurso público para contratação de agentes de trânsito



O governador Ricardo Coutinho anunciou a realização de um concurso no início do próximo ano para a contratação de 60 agentes de trânsito para o Departamento Estadual de Trânsito (Detran). O anúncio foi feito no lançamento da campanha “Lei Seca- Nossa Luta é pela Vida”, na noite da sexta-feira (21), na praia de Tambaú, em João Pessoa. Na solenidade, também foram entregues três viaturas que irão reforçar as blitzen da ‘Lei Seca’.

O governador fez um alerta para que as pessoas não misturem álcool e direção e apelou para que respeitem a legislação de trânsito como forma de poupar vidas. “Se você for beber pegue um ônibus, um táxi ou carona com alguém que não tenha ingerido bebida alcoólica”, alertou.

Concurso – Em discurso, Ricardo Coutinho informou que a Secretaria da Administração está fazendo estudos, mas é certa a necessidade de potencializar a ação do Detran, “um órgão que sempre foi visto como um espaço de corrupção, mas que com muito trabalho deixa para trás esta situação”, enfatizou.

Ricardo destacou a importância da colaboração dos agentes de trânsito e dos taxistas na divulgação da campanha. “Conseguimos reduzir as mortes no trânsito em 10%, mas o número é muito alto e é preciso coragem e uma ação efetiva para o cumprimento das leis de trânsito para reduzir os acidentes”, disse.

De acordo com a secretária de Comunicação Institucional, Tatiana Domiciano, a campanha que começa a ser exibida em emissoras de rádio, TV, jornais e por meio de material educativo tem o objetivo de aproveitar a Semana Nacional de Trânsito para alertar a população da importância do cumprimento da Lei Seca e sobre os riscos da mistura de álcool e direção.

Vídeo – Foi exibido um vídeo institucional com uma mãe, a Jaíra de Alcantra, que perdeu o filho em um acidente no último mês de junho, após ele ter ingerido bebida alcoólica e tentado voltar para a casa em sua moto. “Nosso objetivo é o engajamento das famílias, dos motoristas, estimulando o uso do transporte público, de táxis, de carona, para que álcool e direção não andem juntos. O governo faz a sua parte realizando as blitzen, a sociedade também precisa fazer a sua se conscientizando da conduta preventiva a acidentes e mortes no trânsito”, explicou Tatiana.

Vítimas do trânsito – A senhora Jaíra de Alcantra deu um depoimento emocionado do sofrimento pela perda do filho, Jaildo, de 33 anos, em um acidente de moto. “Ele tinha bebido o dia todo e mesmo após os inúmeros avisos que dei para não guiar a moto quando bebesse, ele não seguiu o conselho. Quando recebi a notícia meu filho estava morto. Por isso, vocês jovens quando forem sair para beber que saiam de ônibis, táxi ou de carona, mas não corram o risco de dirigir o carro ou uma moto antes que seja tarde demais”.

O superintendente do Detran, Rodrigo Carvalho, destacou que a campanha trabalha de forma permanente em duas frentes: uma  educativa, com a sensibilização da sociedade dos perigos de beber e dirigir; outra pela integração dos órgão públicos, novas viaturas e capacitação dos agentes para a efetivação da operação Lei Seca. “A campanha também prevê a intensificação das blitzen com o teste do bafômetro que serão feitos de forma conjunta pelo Detran, BPTrans e CPTrans  em todo o Estado”, garante.

Operação – Segundo Rodrigo, de janeiro a setembro deste ano, 922 motoristas paraibanos foram flagrados dirigindo embriagados, durante a aplicação de 3.806 testes de bafômetro. Os números somam resultados de fiscalizações realizadas pelo Detran e Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) e não consideram os flagrantes efetuados pela Polícia Rodoviária Federal, no mesmo período. Em 2011, o Detran e o BPTran flagraram 662 motoristas paraibanos dirigindo embriagados.

Lei seca – Em vigor desde 19 de junho de 2008, a chamada “lei seca” modificou o Código de Trânsito Brasileiro proibindo o consumo da quantidade de bebida alcoólica superior a 0,1 mg de álcool por litro de ar expelido no exame do bafômetro (ou 2 dg de álcool por litro de sangue) por condutores de veículos, ficando o condutor transgressor sujeito à pena de multa, suspensão da carteira de habilitação por 12 meses e até à pena de detenção, dependendo da concentração de álcool por litro de sangue.

A multa aplicada é de R$957,70 e as medidas administrativas são de  retenção do veículo até a apresentação de condutor habilitado e recolhimento do documento de habilitação.
Durante a solenidade  de abertura da campanha se apresentaram a Orquestra Sanfônica da Paraíba e do policial Eduardo Vasconcelos, da Companhia de Policiamento de Trânsito de Campina Grande, que cantou música de sua autoria que concorre ao Prêmio Denatran de Educação para o Trânsito 2012.

Além do governador participaram da solenidade o superintendente do Detran, Rodrigo Carvalho, a secretária de Comunicação, Tatiana Domiciano, o comandante da Polícia Militar, Coronel Euller Chaves, e o comandante da BPTran, Paulo Sérgio.