João Pessoa
Feed de Notícias

GOE prende ex-policiais foragidos do Rio e Pernambuco

segunda-feira, 28 de março de 2011 - 16:59 - Fotos: 
Em cumprimento aos mandados de prisão expedidos pela justiça de Pernambuco e do Rio de Janeiro, policiais do Grupo de Operações Especiais (GOE) prenderam na tarde desta segunda-feira (28) dois ex-policiais de outros estados que estavam foragidos.  Pedro Pereira de Lima, de 51 anos, foi expulso da Policia Civil do estado do Rio de Janeiro em 1981. Ele foi preso em um bar no bairro do Bessa, em João Pessoa.

Pedro Pereira é acusado de participação no assassinato do vice- presidente da Escola de Samba Salgueiro, Guaracy Paes Falcão, em 2007. Na época do crime, foram apreendidos na residência do acusado um colete da Polícia Civil, duas pistolas e uma carteira de policial. O acusado também responde por um seqüestro, que teria sido praticado em 2004, no mesmo Estado.
 
Já o ex-policial de Pernambuco Sizenando Gomes da Silva, de 46 anos, foi preso ao receber alta da Casa de Saúde São Pedro, na Capital, onde teria sido internado depois de um mal estar causado por excesso de bebida alcoólica. O ex-policial é acusado de envolvimento em pelo menos cinco crimes, entre eles, estelionato e falsificação de documento público.

De acordo com o delegado do Goe Jean Francisco Nunes, os dois acusados estavam tentando se estabelecer na Capital, se esquivando dos crimes praticados em outros estados.  “Desde a semana passada nós estamos cumprindo diversos mandados de prisão, dando prioridade aos de alto risco. Nossa equipe trabalhou durante todo este fim de semana e hoje conseguimos efetuar as prisões com êxito”, explicou o delegado. Os acusados serão transferidos para um dos presídios da Capital, onde devem aguardar solicitação dos estados de origem para uma possível transferência.

Disk Denúncia – Para a prisão de Pedro Pereira de Lima a Polícia também contou com informações fornecidas pelo disk denúncia, que atende pelo número 197. O atendimento acontece das 8h às 19h, de segunda a sexta-feira, com plantão de 24h aos sábados. A ligação é gratuita de qualquer lugar do Estado.