João Pessoa
Feed de Notícias

Gestores escolares participam da formação do projeto Alumbrar

quarta-feira, 5 de novembro de 2014 - 15:02 - Fotos:  Diego Nóbrega

Cerca de 420 gestores escolares da rede estadual participam nesta quarta (5) e quinta-feira (6) da formação do Projeto Alumbrar em quatro cidades do Estado. Os encontros ocorrem simultaneamente em João pessoa, Campina Grande, Patos e Sousa. Na Capital, o evento ocorreu na manhã desta quarta-feira, no auditório do Instituto de Educação da Paraíba (IEP) e contou com a presença da secretária de Estado da Educação, Márcia Lucena.

A secretária chamou a atenção de todos os presentes para a importância do projeto. “O gestor que tem na mão a oportunidade de mudar a história de seu aluno tem que agarrá-la. O adolescente que, por diferentes situações, ficou retido e vive uma realidade de descontentamento e fracasso escolar, precisa ser visto com um olhar singular e não pode ser colocado numa sala de aula com crianças”. Márcia ressaltou que a previsão é que o Alumbrar atinja mais de 400 escolas, atendendo a aproximadamente 40 mil alunos que se encontram em situação de distorção idade/ano.

Os gestores receberam informações sobre o Telecurso e sua metodologia, com a formadora Edileuza Moura, da Fundação Roberto Marinho e assistiram a palestra “Práticas Pedagógicas e Diversidade Cultural: bases para inclusão da História e Cultura Afro-Brasileira, Africana e dos Povos Indígenas no Currículo”, proferida pelo doutor em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ),  Renato Nogueira. Também estiveram presentes, técnicos da SEE e representantes da Fundação Roberto Marinho.

O Alumbrar foi implantado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEE), em parceria com a Fundação Roberto Marinho e com o MEC, e já contempla 3 mil alunos em 55 municípios no seu primeiro ano de implementação. É desenvolvido nas turmas do Ensino Fundamental II (5º ao 9º ano), de escolas localizadas nas 14 Gerências Regionais de Educação (GREs).

O Telecurso é adotado na rede estadual de ensino desde março deste ano, com o objetivo de corrigir a distorção idade/série. Em 2015, na sua segunda fase, serão implementadas aproximadamente 1.300 turmas. Ao todo, serão formados pelo Telecurso 1.500 educadores, que atenderão a aproximadamente 44 mil alunos da Capital e interior do Estado.  

O Telecurso adquire um nome e uma identidade visual relacionados aos valores culturais e papel da educação na vida das pessoas. Na Paraíba, recebeu o nome de “Alumbrar”, que significa “iluminar-se”, “maravilhar-se”.

Formação – Nesta quarta-feira (5), o encontro foi realizado em João Pessoa, no Auditório IEP – Instituto de Educação da Paraíba, pela manhã, e em Campina Grande, na Escola Estadual da Prata, à tarde. Na quinta-feira (6), será realizado, das 8 às 12h, no auditório da Gerência Regional de Educação (GRE), em Patos, e das 14h às 18h, no Centro de Treinamento de Professores, no município de Sousa.