João Pessoa
Feed de Notícias

Gestores e agentes de unidades prisionais participam de oficina

terça-feira, 23 de outubro de 2012 - 15:27 - Fotos:  José Lins/Secom-PB

Com o objetivo de incluir gestores, agentes penitenciários, diretores de presídios e outros importantes atores nas ações do Governo do Estado nesta área, a Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap) promoveu, na manhã desta terça-feira (23), na Escola de Serviço Público do Estado da Paraíba (Espep), uma Oficina de Planejamento e Gestão do Sistema Penitenciário.

“Realizamos essas oficinas buscando reunir todas as gestões das unidades prisionais e discutir ações para que possamos identificar problemas que existam em cada unidade prisional, por região, definir quais são as propostas e soluções; quem são os responsáveis; estabelecer prazos, enfim, estabelecer uma nova gestão marcada por obtenção de resultados”, afirmou o secretário de Estado da Administração Penitenciária, coronel Washington França. Ele adiantou ainda que esses encontros devem acontecer pelo menos uma vez por mês.

A ação teve início na última segunda-feira (22), onde representantes da Seap se reuniram em Campina Grande com gestores de unidades prisionais da Borborema e Agreste. Na reunião de hoje, houve presença de gestores de João Pessoa e da Zona da Mata e para a próxima sexta-feira (26), está planejada uma reunião em Patos, com gestores de unidades prisionais do Sertão.

A reunião foi conduzida pelo coronel Washington França, com participação de boa parte das gerências da Seap, incluindo a Gerência Executiva do Sistema Penitenciário (Gesipe), representada pelo Coronel Arnaldo Sobrinho, e a Gerência de Ressocialização, representada pela gerente Ziza Maia.Ainda estavam presentes na reunião diversos gestores da Secretaria e também a diretora da Escola de Gestão Penitenciária da Paraíba (Egepen-PB), Guiomar Ribeiro.

O Coronel Arnaldo Sobrinho disse que encontros como este são necessários. “Seguindo o que estabelece o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), devemos alinhar ações. Todos os gestores devem se alinhar à Secretaria e a ela prestar informações sobre o que acontece em suas unidades prisionais”, afirmou Arnaldo Sobrinho. Ainda de acordo com o coronel, as ações da Seap enfatizam a segurança e as ações de ressocialização.

Sobre isso, a gerente de Ressocialização Ziza Maia ressaltou que, em apenas 17 meses de existência, a gerência já conseguiu alcançar mil apenados, fazendo com que os mesmos participassem dos mais diversos projetos de reeducação, incluindo alfabetização. Também conseguiu instalar mais equipes de saúde nos presídios e trabalhar conjuntamente. “E não trabalhamos apenas com os apenados, todos os gestores e agentes penitenciários fazem parte da nossa ação. Devemos trabalhar juntos e esse é o nosso objetivo aqui hoje”, afirmou Ziza.