João Pessoa
Feed de Notícias

Gestores debatem saúde na Regional Patos

sexta-feira, 26 de maio de 2017 - 08:46 - Fotos:  Secom-PB

A 6ª Gerência Regional de Saúde realizou, na manhã da quinta-feira (25), em seu auditório, mais uma reunião ordinária da CIRs – Comissão Intergestores Regional do Sertão. Antes, houve um encontro com o SAMU de Patos e prefeitos de São José de Espinharas, Passagem, Teixeira, São José do Bonfim e Condado, municípios que possuem base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência.

Nessa reunião foi assinado o termo de compromisso que cada um terá que assumir perante o SAMU, já que a gestão de Patos, com a descentralização do serviço, devolve as ambulâncias e cada município se encarregará de pleitear recursos junto ao Ministério da Saúde para manter o serviço em sua localidade. Antes a regulação ocorria por Patos, sempre que o alguém das referidas localidades acima citadas necessitava do SAMU, tinha que pedir à central de Patos.

Com relação à pauta trabalhada pelos gestores municipais, segundo o gerente regional José Leudo de Farias, foi bastante proveitosa, a começar pela aprovação de recursos de mais de R$ 1 milhão para o município de Santa Luzia, a ser investido em alguns pleitos, como construção de unidade de saúde, através de emenda parlamentar, aquisição de um veículo para transporte de pacientes, equipar vários serviços.

“Além de conquistas para o Vale do Sabugi, também foi aprovado a criação de mais uma unidade do PSF para o município de Salgadinho, que atenderá a população no Distrito de São José da Batalha; aprovado a criação de um CEO – Centro de Especialidades Odontológicas para Catingueira e por último aprovamos um plano de trabalho da abertura da UNACON – Unidade de Oncologia, de Patos”, informou Leudo.

O Ministério da Saúde exigiu, relata o gerente regional, que os municípios pactuassem esse serviço, de suma importância para dezenas de municípios sertanejos.  Houve apresentação de um esboço do funcionamento dessa unidade de oncologia. “Foi uma reunião histórica pois, além de tudo que foi aprovado, tivemos a pactuação dos serviços a ser oferecidos pela Unacon”, acrescentou José Leudo.

Outro momento inserido durante a reunião foi a fala da coordenadora do curso de Medicina das FIP – Faculdades Integradas de Patos, Paula Christianne Gouveia, que fez uma explanação dos atendimentos que serão pactuados pelos municípios com a clínica escola, a Clinfip – Policlínica de Especialidades e com o Biolab, uma extensão do curso de Medicina, como também atenderá à demanda espontânea.

Leudo elogiou a parceria que existe com as FIP, essa abertura de espaços da instituição para atender as demandas reprimidas de especialidades diversas dos municípios que não estavam sendo atendidas. “São novos serviços que podem ser agregados e pactuados pelos municípios do Sertão e de outras regiões”, concluiu.