João Pessoa
Feed de Notícias

Gestor do PEPD/PB vai debater crescimento do tráfico em Cajazeiras

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011 - 15:02 - Fotos: 
O Gestor do Programa Estadual de Políticas sobre Drogas (PEPD/PB), pastor João Filho, estará em Cajazeiras para discutir o crescimento do uso e do tráfico de drogas no município. A sessão vai acontecer no dia 21 de março, na tribuna da Casa Otacílio Jurema, com a presença de autoridades políticas, representantes de clubes de serviços, conselheiros tutelares e segmentos da sociedade organizada interessados em ações de combate às drogas na cidade.

O presidente da Câmara Municipal, Marcos Barros (PSB), ressaltou a importância da participação do PEPD/PB no III Fórum de Prevenção às Drogas, que vem acontecendo em caráter permanente na cidade. “A Câmara Municipal de Cajazeiras está realizando sessões públicas para discutir o crescimento do tráfico de drogas e já vamos para nossa terceira sessão, desta vez, com a participação do Gestor do PEPD/PB”. Ele atribuiu ainda a localização geográfica da cidade como um dos fatores desencadeantes para o crescimento do tráfico. “A proximidade de Cajazeiras com estados como o Rio Grande do Norte, Ceará e Pernambuco é uma preocupação a mais para nós, porque o limite com estes estados torna nossa cidade ainda mais vulnerável e inserida na rota dos traficantes.”

Para o presidente da Câmara Municipal, “os trabalhos da Casa Otacílio Jurema, não terão sentido algum se a sociedade não abraçar a causa e cair em campo contra o poder de uma minoria organizada de criminosos, perante a maior parcela da população”, frisou Marcos Barros.

O pastor João Filho acredita que o convite é de extrema importância para esclarecer ações, como também traçar metas de combate ao uso das drogas e ao tratamento de dependentes químicos na Paraíba. “É a primeira vez que um gestor do programa visita Cajazeiras e o convite é muito bem vindo, pois pretendemos levar informações sobre o desenvolvimento do programa em nível estadual e traçar metas de combate efetivo a esse mal que assola nossa sociedade”.