João Pessoa
Feed de Notícias

Gastronomia paraibana faz sucesso entre visitantes do Salão de Artesanato

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013 - 09:24 - Fotos:  Secom-PB

Alguns dos estandes do 17º Salão de Artesanato da Paraíba que mais fazem sucesso entre os visitantes têm cor, cheiro e muito sabor. Todos estão instalados na praça de alimentação do evento, que enaltece a verdadeira gastronomia paraibana. Os turistas ficam encantados ao saborearem e conhecerem as origens das comidas típicas do Estado.

Entre os que mais chamam atenção do público, destaque para os que comercializam licores. Betejane Menezes produz a bebida artesanalmente com a mãe, Maria Eva Menezes, em Guarabira. Ela revela que participa do Salão desde as primeiras edições. Com 52 anos de tradição e experiência no ramo, elas triplicam os lucros do negócio da família durante o evento. “A gente dá graças a Deus por participar do Programa de Artesanato, porque aqui temos oportunidades de expandir nosso negócio, aumentar a clientela e a nossa renda. Tudo feito de forma organizada e com respeito pelo nosso trabalho. O Governo do Estado está de parabéns por apostar no evento”, enfatizou.

Dentre os 34 sabores produzidos por Maria Eva e Betejane, um deles é especial. “O licor chamado ‘Lágrima de Cristo’. A bebida é feita com cachaça, vinho e outros dois ingredientes secretos. É nossa especialidade. É segredo de família. As pessoas têm curiosidade e sempre levam para tentar adivinhar a mescla dos sabores”, conta Betejane.

A professora Sandra Maria veio de Natal, no Rio Grande do Norte, para passar as festas de fim de ano em João Pessoa e aproveitou para comprar licores para presentear as amigas. “Estou adorando o Salão. Tudo aqui está muito lindo e com coisas bem típicas da cultura paraibana”, afirma. Depois de provar vários sabores no estande de Betejane, a professora Sandra levou uma garrafa. “Encontrei o que faltava na mala: uma bebida bem diferente e especial”, finaliza, satisfeita com a compra.

Sabores – O público que visita do Salão de Artesanato aprova a “gastronomia artesanal”, que vem em forma de licores, rapaduras, doces, cocadas, bolos, biscoitos, pimentas, pães, trufas, entre outros. Embora os decretos governamentais 24.840/2004 e 26.095/2005, sobre os procedimentos para análise, classificação e registro do artesanato da Paraíba, não a classifique como artesanato, a gastronomia também traduz a cultura do povo paraibano, fazendo dos cozinheiros regionais legítimos artesãos do paladar.

Os expositores já comemoram o sucesso do Salão, a exemplo de Marlene Tavares, que vende lambedores, garrafadas e produtos fitoterápicos. No salão anterior, ela totalizou cerca de R$ 3 mil em vendas. “Esse ano, quero bater o recorde e vender muito mais”, disse.

Funcionamento – O 17º Salão de Artesanato da Paraíba é uma realização do Programa de Artesanato da Paraíba, coordenado pela primeira-dama Pâmela Bório, vinculado à Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico (Setde). A feira continua até o dia 20 de janeiro de 2013, no Jangada Clube, na praia do Cabo Branco, em João Pessoa. Funciona diariamente das 15h às 22h, e a entrada é gratuita. A organização do evento alerta, no entanto, que apesar de estar próximo à praia, não é permitida a entrada em trajes de banho.