João Pessoa
Feed de Notícias

Galeria vai por fim a transtornos em cruzamento no bairro do Bessa

segunda-feira, 4 de abril de 2011 - 09:47 - Fotos: 

Em poucas semanas a população do Bessa vai se ver livre, de uma vez por todas, de um problema antigo que parecia não ter fim nem conserto: um ponto de alagamento existente na confluência das Avenidas Paulo Roberto Acioli e Washington Luiz, próximo ao ponto final dos ônibus 601 e 603. Sob a coordenação da Superintendência do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan), a empresa Compec deverá concluir até o final do mês a galeria que está sendo construída na Paulo Acioli para escoar as águas pluviais e lançá-las no Rio Morto, próximo à divisa do Bessa e Intermares.

A Avenida Paulo Roberto Acioli começa nas proximidades do colégio Pio XI e atravessa o bairro em direção às proximidades da divisa com Intermares. No cruzamento com a Avenida Washington Luiz localiza-se o ponto mais crítico do problema dos moradores. Ali há afundamento constante do asfalto e alagamentos que chegam a inviabilizar a passagem até mesmo dos ônibus que fazem as linhas 513, 601 e 603, essas últimas duas linhas com parada final fixada na esquina da Washington Luiz com a Tertuliano de Castro.

“Nós fizemos um cronograma junto com a empresa encarregada da execução do projeto para essa obra ser reiniciada por esse ponto, que é crítico, que é o lançamento da galeria que está quase que totalmente concluída”, ressaltou o superintendente da Suplan, engenheiro Orlando Soares. Ele disse que todas as águas que convergem da Paulo Roberto Acioli e Washington Luiz já estão começando a ser lançadas dentro da galeria que está sendo construída, faltando apenas pouco mais de 80 metros para ser concluída.

Segundo o mestre de obras Ernandes Pedro das Neves, funcionário da empresa encarregada da execução do projeto, a previsão é de que a galeria seja concluída até o final de abril, quando serão iniciados os serviços de terraplanagem para posterior colocação do asfalto. Na confluência das Avenidas Washington Luiz e Paulo Acioli, ele disse que serão construídas seis “bocas de lobo” para receber as águas das chuvas e lançá-las na galeria, pondo fim ao problema do alagamento histórico que dificultava a vida dos moradores, especialmente dos proprietários e condutores de veículos automotores.

“Concluída a galeria, nós teremos toda a pavimentação em CBUQ da Paulo Roberto Acioli até as imediações do Pio XI. A previsão é de que essa obra esteja concluída antes do inverno, para que a gente tenha na área do Bessa um inverno com uma situação bem aceitável em relação à situação atual”, enfatizou o superintendente Suplan.

Água e esgotos – Orlando Soares informou também que nas ruas que estão sendo pavimentadas no bairro do Bessa, o Governo está tendo o cuidado de evitar que futuras ligações de água e esgotos venham a danificar o asfalto. Para isso, foi feito, junto com a Prefeitura Municipal de João Pessoa e a própria Cagepa, um cadastramento de todos os terrenos baldios existentes na área. “Em todos esses terrenos vão ser feitas as ligações de água, de forma que não haja necessidade de quebrar o pavimento quando o usuário for pedir a sua ligação, evitando-se, dessa forma, situações de desconforto e prejuízo para os moradores e para os cofres públicos”, enfatizou.

Quanto ao sistema de esgoto, Orlando Soares informou que este será trabalhado nas calçadas. “Levamos o problema ao governador e ele autorizou a Cagepa a fazer duas redes paralelas para evitar que ocorra aquele ‘quebradeiro tipo algumas costelas de vaca’, como chamam por aí”, observou, lembrando que “uma obra quebrada jamais volta a ser o que era”.

Outras ações – Segundo informou o engenheiro Orlando Soares, na área de competência da Suplan praticamente todas as obras que estavam paralisadas quando Ricardo Coutinho assumiu o Governo da Paraíba já foram reiniciadas. O superintendente da Suplan também ressaltou a retomada das obras do Centro de Convenções de João Pessoa, empreendimento de extrema importância, não somente para a Capital do Estado, mas para toda a Paraíba.