João Pessoa
Feed de Notícias

Funesc terá escola de música para alunos especiais

quarta-feira, 23 de setembro de 2009 - 07:28 - Fotos: 

Fundação Espaço Cultural terá escola de música para alunos especiais; inscrições para oficina de capacitação para assistente de luthier já estão abertas e são gratuitas a alunos da rede pública

A Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) marcou para a próxima sexta-feira (25) a inauguração e a reabertura, respectivamente, de dois equipamentos preciosos para a socialização, valorização e aprendizado de jovens paraibanos: a Escola Especial de Música Juarez Johnson e a Lutheria Professora Isabel Burity. A solenidade está marcada para às 10 horas no hall da Orquestra Sinfônica da Paraíba, na rampa 2 do Espaço Cultural, em João Pessoa.

A Escola Especial de Música, atualmente, é única no Brasil. É o que garante a coordenadora do projeto, a professora e violoncelista Patrícia Johnson. “O mais comum são trabalhos de musicoterapia com portadores de necessidades especiais. No nosso caso, trata-se uma escola de música mesmo, que irá ensinar essas crianças a tocar um instrumento, como violino ou piano”, esclarece Patrícia.

A Escola Especial de Música Juarez Johnson irá matricular crianças carentes e, também, crianças com necessidades especiais na faixa etária de 1 a 11 anos. Crianças com síndrome de down, paralisia cerebral, nanismo, autismo, deficiência visual, dislexia, hidrocefalia e paraplegia serão ensinadas por músicos, fisioterapeutas e fonoaudiólogos a conhecer e tocar um instrumento musical.
 
A escola leva o nome do pai de Patrícia, o também violoncelista Juarez Johnson, um grande músico erudito que fez história na Paraíba entre os anos 1970 e 1980, quando deixou João Pessoa para assumir a prestigiada Camerata Bariloche em Buenos Aires. Morou na Argentina até sua morte, em 22 de outubro de 2007.

LUTHERIA

Após 15 anos, a lutheria do Espaço Cultural volta a funcionar como uma oficina-escola. Recuperada, a Lutheria Professora Isabel Burity voltará a fabricar instrumentos e, também, transmitir o conhecimento dos mestres luthieres para os jovens aprendizes. E as aulas já estão para começar. Desde a semana passada, a Funesc inscreve para oficina de capacitação para assistente de luthier.

As inscrições estão sendo feitas na Divisão de Cursos da Funesc, localizada na rampa 1 do Espaço Cultural, das 13h às 18h (de segunda a quinta-feira) e de 8h às 13h (na sexta-feira). Para se inscrever, o candidato tem que ser aluno de escola pública, ter de 17 a 24 anos e possuir alguma experiência com manuseio da madeira. A oficina é gratuita.

A lutheria é uma fábrica artesanal de instrumentos musicais. É uma das poucas do Brasil, e uma das únicas a trabalhar com instrumentos de música erudita.

Para o presidente da Funesc, Maurício Burity, as reaberturas são bastante significativas na prestação de um serviço de educação, arte e inclusão social ao povo paraibano. “A arte e a cultura devem dar exemplos de educação, cidadania e inclusão social”, ratificou o presidente da fundação.

A inauguração da Escola Especial de Música Juarez Johnson e a reabertura da Lutheria Professora Isabel Burity, lembrou Maurício, seguem um cronograma de atividades que a Funesc vem promovendo e que incluem a reabertura do planetário, do cine-teatro Bangüê e da Biblioteca Juarez da Gama Batista para breve.

Assessoria de Imprensa da Funesc