João Pessoa
Feed de Notícias

Funesc leva música paraibana à feira internacional do mercado fonográfico em Recife

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015 - 18:34 - Fotos: 

O trabalho e o talento de artistas paraibanos serão conhecidos por profissionais do mercado fonográfico nacional e internacional durante a 15ª conferência Porto Musical. É que a Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) marca presença no evento, sendo representada pelo seu coordenador de música, Arthur Pessoa. Ele, que é autor do projeto Music From Paraíba, leva o produto para o encontro a fim de compartilhar a experiência obtida em suas duas edições, além de aproveitar a oportunidade para divulgar a música paraibana.

O evento, que teve início na quarta-feira (4), se estende até sábado (7), em Recife (PE). Trata-se de uma conferência internacional de música e tecnologia. “A ação visa dar continuidade a difusão e promoção dos artistas paraibanos no Brasil e no mundo. Assim como a Womex, em que participamos ano passado na Espanha, o Porto reúne profissionais da cadeia produtiva da música em âmbito mundial, como produtores de festivais, DJs, selos e gravadoras dos cinco continentes”, revela Arthur Pessoa.

Music From Paraíba – O projeto Music From Paraíba divulga a produção paraibana dentro e fora do Brasil.  Por esse objetivo, existe um tratamento específico para o trabalho, que vai desde a seleção das músicas à criação da identidade visual.  Em sua primeira edição, foram selecionadas 20 faixas para compor um CD. O projeto foi crescendo com a realização de shows mensais para divulgação dos artistas que integraram a coletânea. Na segunda edição, foram 71 faixas de variados estilos, divididas em quatro CDs e agrupados em um kit com embalagem em formato de vinil. Por dois anos consecutivos (2013 e 2014), a iniciativa foi apresentada à Womex, maior feira do mercado fonográfico mundial.

Todo o material recebeu tratamento visual com arte assinada pelo designer Silvio Sá inspirada em elementos da regionalidade paraibana. “O projeto abarca um recorte bastante amplo da diversidade musical da Paraíba. Então o principal conceito que tínhamos em mente na concepção visual do projeto foi o de pluralidade. A ideia foi partir de elementos da iconografia regional para construir uma identidade cosmopolita, múltipla e contemporânea”, esclarece Silvio Sá.

Sobre a receptividade da música paraibana no mercado mundial, Arthur Pessoa esclarece que o acesso está melhorando consideravelmente e que alguns artistas já estão conquistando visibilidade no exterior. “Vários artistas da primeira edição já vinham estreitando as relações com o mercado internacional a exemplo de Beto Brito e Clã Brasil, entre outros. Recentemente, Os Gonzagas, Ubella Preta e Zeferina Bomba também fizeram turnês internacionais. Então acredito que o mercado exterior esteja cada vez mais aberto para a nova música produzida no Brasil, em especial, no Nordeste”, afirmou.

“A presença do projeto Music from PB em feiras internacionais tem sido fundamental para que o mundo possa conhecer mais de perto a música produzida hoje no nosso Estado. Ele é um cartão de visita que apresenta ao mundo uma mostra da diversidade e qualidade da nossa música, aproximando os artistas dos produtores de festivais, selos e gravadoras em todos os continentes. Sendo uma plataforma de exportação da música paraibana, o Music from PB também movimenta a cena local, estimulando os artistas independentes a visualizarem novas e diferentes maneiras de difundir a sua música em nível mundial”, explica Arthur Pessoa.