João Pessoa
Feed de Notícias

Funesc inscreve para Curso Avançado de Cinematografia Eletrônica Digital

segunda-feira, 17 de outubro de 2011 - 11:37 - Fotos:  Secom-PB

Já estão abertas as inscrições para o Curso Avançado de Cinematografia Eletrônica Digital, que acontece no período de 7 a 11 de novembro no Espaço Cine Digital da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc). O ministrante será Carlos Ebert e as aulas serão realizadas nos turnos da manhã e tarde. Os interessados têm até o dia 26 para se inscrever gratuitamente e participar do processo seletivo, já que há um limite de 25 vagas.

O curso é voltado para os participantes do curso básico que foi realizado na UFPB em 2009 e para profissionais e realizadores com experiência em cinematografia digital. Para se candidatar a uma vaga, o interessado deve solicitar a ficha de inscrição pelo e-mail oficinasnpdpb@gmail.com, preenchê-la, anexar currículo e enviar o material de volta ao mesmo endereço. A inscrição também pode ser feita pessoalmente, na sala anexa ao Cine Bangüê no Espaço Cultural (rampa 4), de segunda a sexta, das 9h às 12h e das 15h às 21h.

A seleção final será feita pelo ministrante, a partir da análise de currículo e dos dados da ficha de inscrição. Serão priorizados alunos que já participaram do curso básico realizado anteriormente. As aulas se destinam a estudantes e professores de comunicação, rádio-TV e cinema, profissionais da área de TV, vídeo e cinema e realizadores independentes. É exigido conhecimento prévio de alguns procedimentos e técnicas básicas, bem como noções elementares de fotografia, cinematografia, estética e história das artes visuais.

O objetivo do curso é aprofundar conhecimentos técnicos e artísticos relacionados à captação de imagens em movimento em suporte eletrônico digital, complementando o curso de Cinematografia Digital realizado no final de 2008, em João Pessoa. Nas disciplinas, serão abordados temas como análise visual do roteiro, visita técnica à locação, testes de resolução espacial, temperatura de cor, fontes de luz, escolha de acessórios (maquinaria), formato de captação ideal para finalizar em diferentes suportes, transfer para película, entre outros.

O curso é realizado pelo Centro Audiovisual Norte-Nordeste (Canne), em parceria com o Núcleo de Produção Digital (NPD), por meio da Funesc e ABD-PB. A carga horária é de 40 horas, com aulas das 8h30 às 12h e das 14h às 18h. O resultado final da seleção será divulgado diretamente a todos os inscritos através de e-mail e publicado no site www.funesc.com.br, a partir do dia 3 de novembro.

Ministrante – Carlos Ebert é diretor e fotógrafo de cinema, televisão e publicidade. Carioca, nascido em 1946, estudou arquitetura na Universidade Federal do Rio de Janeiro e cinema na Escola Superior de Cinema São Luiz, em São Paulo. Começou em 1966, como repórter fotográfico, tornou-se operador de câmera e diretor de fotografia em 1968 e diretor em 1970.

No final dos anos 60, participou do cinema marginal e foi câmera e diretor de fotografia de um dos filmes mais significativos do movimento, “O bandido da luz vermelha” (1968), de Rogério Sganzerla. Em 1970, dirigiu “República da traição”. Fez a fotografia tanto de longas como de curtas-metragens, entre eles “O rei da vela” (1983), de José Celso Martinez Corrêa e Noilton Nunes, e “Fé” (1998), de Ricardo Dias. Fez também fotografias para televisão, como a de “O povo brasileiro” (2000), ganhador do Grande Prêmio Cinema Brasil de TV em 2001.

Desde 1970, dedica-se também ao ensino da fotografia para cinema. É o vice-presidente da Associação Brasileira de Cinematografia para o período de 2002 a 2004. Em 2002, fez a fotografia dos longas-metragens “Rua seis, sem número”, de João Batista de Andrade, e “À margem da imagem”, de Evaldo Mocarzel. Em 2003, recebeu o prêmio de melhor fotografia no Festival de Gramado pelo trabalho no curta-metragem “Carolina”, de Jeferson De.

Trabalhou nos documentários “Dia da graça” (2003), de Thiago Mendonça e Maira Buller, “Do luto à luta” (2005), de Evaldo Mocarzel, e “Vlado – 30 anos depois” (2005), de João Batista de Andrade. Em 2007, fez a direção de fotografia do filme “A Ilha do Terrível Rapaterra” , de Ariane Porto.

Serviço

Curso Avançado de Cinematografia Eletrônica Digital

Período do curso: 7 a 11 de novembro

Inscrições: 17 a 26 de outubro

Inscrição presencial: sala do Cine Bangue na Funesc/Espaço Cultural (rampa 4), de segunda à sexta, das 9h às 12h e das 15h as 18h

Inscrições por e-mail: oficinasnpdpb@gmail.com

Número de participantes: 25

Preço: Gratuito

Informações: (83) 3211.6281

Realização: Centro Audiovisual Norte-Nordeste (Canne) em parceria com o Núcleo de Produção Digital (NPD), por meio da Funesc e ABD-PB