João Pessoa
Feed de Notícias

Funesc divulga resultado do edital para ocupação de seus quatro teatros

terça-feira, 21 de junho de 2011 - 15:05 - Fotos: 

A Fundação Espaço Cultural divulgou a lista dos grupos selecionados no edital de ocupação dos teatros Santa Roza, Paulo Pontes, Leonardo Nóbrega (Teatro de Arena) e Íracles Pires (localizado na cidade de Cajazeiras). Os 57 trabalhos contemplados preencherão as pautas das unidades culturais ligadas à Funesc no período de julho a dezembro deste ano.

Para o Teatro Paulo Pontes, foram selecionados 10 grupos, entre espetáculos musicais, de dança, teatro adulto e infantil. Já para o Leonardo Nóbrega, foram aprovados sete trabalhos, enquanto que o Santa Roza apresentou maior demanda, com 29 espetáculos contemplados. O Teatro Íracles Pires receberá 11 atividades cênicas até o fim do ano, entre peças inéditas e outras que voltam ao palco.

A lista completa dos grupos selecionados está disponível no site da Funesc (www.funesc.com.br), bem como a agenda de apresentação dos espetáculos.

O objetivo do edital é dar oportunidades iguais aos diversos grupos culturais da Paraíba, bem como incentivar o fomento de tais produções. A partir desse instrumento, os espetáculos selecionados pagarão pela pauta o valor equivalente a 10% do arrecadado na bilheteria, desobrigados ao pagamento da taxa mínima que antes vigorava. Dessa forma, a Funesc contribui com os espetáculos que deixam de se apresentar nos teatros públicos por não terem a segurança da bilheteria da casa cheia, e garante a qualidade da programação em seus equipamentos culturais.

Os contemplados para o Teatro de Arena foram os espetáculos “Rima é Som”, de Francisco Diniz (música), “Forró Solitário”, do grupo Balaio Nordeste (música), “Caboré”, de Horieby Ribeiro (teatro adulto), “Cultura Ecológica”, de José Carlos Bezerra (dança e música), “Samba da Paraíba”, de Paulo Adriano Santos (música), “Cordel do Amor sem Fim” (Horieby Ribeiro (teatro adulto) e “Morada”, de Sabrina Siqueira (dança).

O Teatro Paulo Pontes deve receber os seguintes espetáculos até o fim do ano: “O Canto das Írias”, de Jadgleison Alves (teatro adulto), “Conexão Rede Social”, de Ricardo Barreto (música), “Anjos que Caem”, de Maurício Germano (dança), “Viver é uma Arte”, do Centro Helena Holanda (teatro adulto), “Um Coração Agradecido”, de Eunildo Silva (dança e música), “Caminho das Artes”, de David Muniz (teatro infantil), “Cultura Ecológica”, de José Carlos Bezerra (dança e música), “Movimento dos Ritmos”, da Cia de Dança Anne Mendes (dança), “Reino Encantado das Fadas”, de Cecília Costa (dança) e “Fábrica de Brinquedos”, de Roberto Cartaxo (dança).

Em Cajazeiras, o público assistirá aos seguintes espetáculos de teatro adulto no Íracles Pires: “Uma Mulher para dois Maridos”, de Erinilton Lopes, “Trinca, mas não Quebra”, da Apae, “O Amor Cobre a Multidões de Pecados”, do grupo Cireneus do Caminho, “Domingo no Bar do Couro”, de Bethoven Dantas, “Bailei na Curva”, da Apae, “As Malditas”, proposto por Larissa Mayra, “A Feia de Caruaru”, de Walter Nunes, “O Dia em que Deu Elefante”, de Fernando Inácio e “Le Defunt”, de Francisco Fernandes. Na categoria infantil, o único selecionado é “O Palhaço do Planeta Verde”, de George Oliveira e “Cultura Ecológica”, de José Carlos Bezerra é o único espetáculo de dança e música contemplado.

A relação do Teatro Santa Roza inclui os seguintes espetáculos na categoria teatro adulto: “Acorda Aurora”, de Isaú Firmino, “Utopia”, do grupo Sated-PB, “Romina e Julião”, de Valeska Picado, “Bruta Flor”, do grupo Lavoura, “Usina”, de José Ant. Silva, “A Saga de Zacarias”, de Rosana Figueiredo, “Meias Irmãs”, de Kaline Brito, “Esparrela”, de Fernando Teixeira, “A Farsa do Poder”, de Thardelly Lima, “Através do Espelho, de Lara Torrezan e “Ponte Alta”, de José Tonezzi. Na categoria dança e música, foi contemplado o show “Cultura Ecológica”, de José Bezerra. Na categoria música, foram selecionados “Cantus Popularis”, de Paulo Roberto Nascimento, “Conexão Rede Social”, de Ricardo Barreto e “Esperado Canto”, de Maria Juliana Figueiredo. Os espetáculos de teatro infantil contemplados foram: “Allem Circo”, da Trupe Pirulito, “Aladim e as 1001 noites”, de Francijane Cavalcanti, “Zé Lins, o Pássaro Poeta”, de Valeska Picado”, “A Ver Estrelas”, de Vladimir Santiago e “O que é Preciso para Ser Feliz?”, de Hélio de Carvalho. Na categoria dança, a agenda inclui os seguintes trabalhos: “Egyptian”, de Kilma Farias, “Vital”, de Rita Nóbrega, “Encantos”, de Maurício Germano, “Noite Especial Equilíbrio e Convidados”, de Sérgio Ricardo, “Alice no País das Maravilhas”, de Diana Nascimento, “10 Anos de Jacoca”, de Maria das Dores Foche e “O Circo: Uma Magia Especial”, de Helena Holanda.