Fale Conosco

27 de agosto de 2015

Fundac substitui colchões nas unidades socioeducativas de Lagoa Seca



A Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice Almeida” (Fundac) substituiu todos os colchões dos quase 100 internos do Lar do Garoto Padre Otávio Santos e do Abrigo Provisório Hamilton de Sousa Neves, ambos no município de Lagoa Seca.A presidenta da Fundação, Sandra Marrocos, acompanhou de perto a operação e aproveitou para vistoriar as obras em curso nas duas unidades.

Após visitar todas as alas, conversar com internos e constatar in loco a aplicação dos recursos, Sandra Marrocos solicitou agilização na conclusão da obra, que inclui pintura e ampliação. À tarde, a presidenta se reuniu com todos os jovens internos, com atendimento por grupo. Ela informou que eles vão voltar com as aulas de esportes, oficinas de violão/música, aulas profissionalizantes com o Pronatec e contar com a instalação de um espaço que será destinado as visitas íntimas. Kits de limpeza pessoal, além de lençóis, fardamentos, sandálias, toálias e a instalação de um consultório odontológico também estão previstos para breve. A presidenta da Fundac falou também dos deveres que todos têm e citou o Estatuto da Criança e do Adolescente(ECA).

Mudança- A Fundac troca os colchões dos internos a cada seis meses. A substituição começou dia 18 na Internação Provisória (CEA) e no Centro Educacional do Jovem (CEJ). Dia 19 foi a vez do Centro Socioeducativo Edson Mota (CSE). Dia 20 foi a Casa Educativa(CE) e nesta quarta-feira  foi o Lar do Garoto e Abrigo Provisório, em Lagoa Seca. A Semiliberdade e o Centro Educacional do Adolescente (CEA), em Sousa, ainda estão sem datas definidas.