Fale Conosco

20 de março de 2013

Fundac realiza Varal Poético para comemorar Dia Mundial da Poesia



A Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” (Fundac) celebra o Dia Mundial da Poesia com Varal Poético em três unidades de ressocialização. Os eventos acontecem nesta quinta-feira (21) no Centro Educacional do Jovem (CEJ) e na Casa Educativa, em João Pessoa, e no Centro Educacional do Adolescente (CEA), em Sousa.

O Varal Poético faz parte do projeto de reintegração educacional, profissional e cultural promovido pela Fundação e tem como principal objetivo, despertar as potencialidades dos jovens que cumprem medidas socioeducativas de internação e semiliberdade no Estado da Paraíba.

Em João Pessoa, o evento conta com a participação do poeta e cordelista da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc), Bira Delgado e do violinista e cantor, Wellington Regadas que abordam a importância da música através da poesia. Já em Sousa, o Varal conta com o apoio do poeta e compositor local, Ivan Rosendo.

No Centro Educacional do Jovem (CEJ), em João Pessoa, e no Centro Educacional do Adolescente (CEA), em Sousa, o evento acontece a partir das 9h. Na Casa Educativa, unidade de internação feminina da Fundac, também na capital, terá início por volta das 11h.

Segundo o artista Bira Delgado, a poesia tem papel fundamental em qualquer processo pedagógico que motiva não só a leitura, mas, a maneira como o sujeito vê o mundo, suas percepções e possibilidades. “O Varal Poético é resultado da construção de um universo de sonhos dos adolescentes. Uma valorização do trabalho que eles vêm realizando e que demonstram o cunho social e político do artista”, define.

A comemoração alusiva ao Dia Mundial da Poesia vem se tornando uma tradição da Fundação. Este é o segundo ano consecutivo do Varal Poético que expõe as poesias e os trabalhos artístico educacionais, desenvolvidos pelos adolescentes sob a orientação de educadores das unidades da Fundac.

A idéia deste evento surgiu a partir da necessidade de proporcionar aos internos, atividades que nunca fizeram parte do cotidiano dos adolescentes. Segundo a presidente da Fundac, Cassandra Figueirêdo, a falta de acesso à educação, lazer, esporte e cultura tira desses jovens, ainda na fase da infância, a perspectiva de um futuro longe da criminalidade e das drogas.

“O Varal Poético é uma forma de potencializar aspectos educacionais e formativos através de poesias, emoções, sensibilidade e sonhos vivenciados pelos adolescentes”, disse a presidente.