Fale Conosco

16 de setembro de 2011

Fundac realiza primeira conferência da juventude para internos do CEJ



A Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente (Fundac) realizou, nesta sexta-feira (16), a I Conferência Inclusiva da Juventude, ministrada pelo socioeducador Zuma Nunes. O evento aconteceu no Centro Educacional da Juventude (CEJ), em João Pessoa, e contou com o apoio da Prefeitura da Capital, por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Recreação (Sejer). Cerca de 50 internos participaram do encontro, divididos em pequenos grupos de diálogo.

O objetivo da conferência foi discutir com os jovens que cumprem medidas socioeducativas de internação as políticas públicas desenvolvidas para o setor. Os internos falaram sobre a importância de cursos profissionalizantes e atividades culturais durante o processo de ressocialização. Um deles destacou que estas ações, além de focarem a atenção em práticas construtoras, contribuem para que saiam das unidades com uma profissão e a perspectiva de uma melhor oportunidade de vida.

Para o conferencista Zuma Nunes, a proposta lançada pela Fundac é inédita e pretende ser um diferencial no processo de construção das políticas de juventude, principalmente as direcionadas aos segmentos mais excluídos da sociedade.

A presidente da Fundac, Cassandra Figueirêdo, disse que estas ações acontecerão em todas as unidades de ressocialização de jovens e adolescentes do estado, e que já está sendo traçado um calendário das novas conferências, que dessa vez devem contar com o apoio da Secretaria Estadual de Juventude Esporte e Lazer (Sejel). “Os jovens estão privados de sua liberdade, mas não dos seus direitos. Portanto, estamos garantindo a participação dos  adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa na construção de políticas públicas que atendam as suas especificidades e necessidades. Afinal, eles são jovens e não podem estar excluídos desse processo”, destacou.

Inclusão – As temáticas discutidas durante a I Conferência Inclusiva da Juventude serão apresentadas na II Conferência Municipal da Juventude, que acontece até domingo (18) no Espaço Cultural e no Campus I da Universidade Federal da Paraíba, em João Pessoa.