João Pessoa
Feed de Notícias

Fundac realiza confraternizações natalinas para socioeducandos

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017 - 17:08 - Fotos: 

A Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida”, por meio dos eixos: “Abordagem familiar e comunitária”, “Esporte, cultura e lazer” e “Diversidade étnico racial e gênero” realizaram confraternizações natalinas nas oito unidades socioeducativas do Estado. Os eventos aconteceram nas duas últimas semanas e contaram com o suporte da diretoria técnica da Fundac e a parceria da Escola Cidadã Integral Almirante Saldanha e das diretorias de cada Unidade.

Durante as confraternizações, os socioeducandos da Fundac participaram junto aos familiares de diversas ações: café da manhã, sorteio de brindes e cestas básicas, entrega de panetones para as famílias, e apresentações culturais alusivas ao natal (papai noel, auto de natal, apresentação musical, e momento de espiritualidade).

Segundo Débora Raquel, coordenadora do eixo Abordagem familiar e comunitária, as confraternizações natalinas são momentos de integração entre família, socioeducando, equipe técnica e agentes socioeducativos que proporcionam um fortalecimento dos vínculos afetivos. “Ações que motivam as famílias a terem uma participação mais efetiva no processo de socioeducação”, disse.

“Como a família é o primeiro espaço de convivência humana e de referência fundamental, é essencial o fortalecimento do vínculo familiar e comunitária para o processo reintegração de adolescentes e jovens privados de liberdade. E nesse intuito realizamos as confraternizações natalinas nas unidades socioeducativas”, enfatizou a coordenadora do eixo Abordagem familiar e comunitária.

Para Noaldo Meireles, presidente da Fundac, a experiência das festividades natalinas nas Unidades com a participação de adolescentes e seus familiares em conjunto com direções, técnicos e agentes foi ímpar e de grande êxito e que deve ser ampliada nos próximos anos. “Aproveito para parabenizar as equipes de trabalho das unidades socioeducativas que se empenharam para que essas confraternizações acontecessem, principalmente, o esforço dos coordenadores: Débora Raquel (Abordagem familiar e comunitária), Nilton Santos (Esporte, cultura e lazer), e Andreina Gama (Diversidade étnico racial e gênero)”, ressaltou Noaldo.