João Pessoa
Feed de Notícias

Fundac firma parceria com TRT e beneficia 14 socioeducandos com curso profissionalizante  

segunda-feira, 4 de setembro de 2017 - 16:57 - Fotos: 

A partir da próxima segunda-feira (11), 14 socioeducandos em cumprimento de medidas na unidade Semiliberdade terão oportunidade de participarem de um curso profissionalizante de Manutenção de Microcomputador. Essa é a 13ª edição do projeto de inclusão social “e-Saber”, resultante de parceria entre a Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” e o Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba.

A 13ª edição do projeto foi lançada, pelo presidente do TRT, o desembargador Eduardo Sérgio, na sexta-feira (01), no auditório do Tribunal Pleno, e contou com a presença dos internos. O Projeto e-Saber é uma iniciativa do Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba (13ª Região), que vem proporcionando a formação técnico-profissional, na área de tecnologia da informação, de jovens e adolescentes das escolas estaduais e municipais da grande João Pessoa. O projeto, que nesta edição contempla pela primeira vez socioeducandos da Fundac, tem o objetivo de incentivar o uso da informática e preparar os alunos para o mercado de trabalho, após sua reintegração à sociedade.

Durante a solenidade de lançamento desta edição do Projeto, o desembargador Eduardo Sérgio falou da importância do Projeto e disse que “medidas que contribuem para a qualificação profissional têm sempre grande peso no futuro”. Já o desembargador Thiago de Oliveira, gestor do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil na Paraíba, falou sobre a oportunidade que os socioeducandos estão tendo por meio do “e-Saber”. “Vocês estão tendo uma ótima oportunidade de mudar de vida e serem pessoas melhores”, disse o desembargador lembrando, emocionado, a história de vida do seu pai que, com muito esforço, conseguiu sair do roçado e se formar engenheiro agrônomo.

O curso de Manutenção de Microcomputadores acontecerá na Escola Judicial do TRT, terá duração de 15 dias, e carga horária de 30 horas. O treinamento será ministrado por servidores da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação do TRT-PB que, voluntariamente, transmitem aos alunos conhecimentos básicos de informática, internet, Windows, planilha eletrônica, editor de textos, programação de computadores e manutenção de microcomputadores.

O presidente da Fundac, Noaldo Meireles, agradeceu a oportunidade pioneira que o TRT está dando aos socioeducandos da Fundação e do exemplo que a Paraíba está dando aos demais estados do país. “Esta é uma oportunidade que traz consigo a responsabilidade. A partir de agora, vocês serão exemplo para os demais socioeducandos do Estado. Espero que possam nos dar a honra de ter 100% de aproveitamento”, falou Noaldo aos novos alunos do projeto e-Saber.

Ao final da solenidade, os participantes tiveram a oportunidade de ouvir a palestra motivacional de Stênio Queiroga de Alencar, servidor do TRT, que contou um pouco sobre a superação de seus limites devido a uma condição diferenciada, causada por uma distrofia muscular progressiva.Além da fala de Iza Maria de Oliveira, secretária executiva do Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil – FNPETI. “Vocês estão tendo uma ótima oportunidade de participar de curso, ter uma profissão e conquistar sua autonomia. Adolescência é uma fase muito importante na vida do ser humano. Momento de construção de identidade, da conquista da autonomia com mais liberdade e direitos garantidos”, disse Iza.