João Pessoa
Feed de Notícias

Fundac encerra oficinas com socioeducandos sobre a valorização da mulher

quarta-feira, 13 de março de 2013 - 18:55 - Fotos:  José Lins / Secom-PB

A Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice Almeida” (Fundac) encerrou, nesta quarta-feira (13), uma série de oficinas dentro da programação da Semana da Mulher. As atividades começaram no dia 28 de fevereiro e aconteceram nas unidades socioeducativas da fundação.

O cronograma de um concurso de redações foi realizado nos dias 28 de fevereiro e 1º de março nas unidades socioeducativas de João Pessoa. A Fundac também promoveu oficinas no Semiliberdade; na Casa Educativa, na capital; no Lar do Garoto, em Lagoa Seca; na sede da Fundac; Centro Educacional do Adolescente (CEA) e Centro de Educacional de Jovens (CEJ); além do Abrigo Provisório e no CEA de Sousa. As oficinas trataram sobre a violência doméstica com mães e companheiras dos internos.

O público alvo foram as servidoras da Fundac, mães e companheiras dos socioeducandos. Na manhã desta quarta-feira (13) foi entregue o certificado ao socioeducando que escreveu a melhor redação sobre o tema ‘Mulher’. Os autores dos melhores trabalhos também receberam certificados de honra ao mérito. Houve ainda o sorteio de cestas básicas. As atividades foram desenvolvidas com o apoio do Centro da Mulher 8 de Março, Fórum de Mulheres do Estado da Paraíba e Grupo de Estudos de Gênero “Flor e Flor”, da UEPB.

A presidente da Fundac, Cassandra Figueiredo, agradeceu a parceria com a Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana e avalia que a experiência foi muito positiva. Pela primeira vez os socioeducandos tiveram a oportunidade de refletir sobre a valorização da mulher. “Foram feitas oficinas estimulando redação no sentido de que esses adolescentes coloquem dentro de suas expressões o sentimento de respeito ao outro, principalmente o respeito à mulher, onde estão incluídas as mães, as companheiras, irmãs, no contexto familiar”, afirmou.

Cassandra destacou que pela primeira vez os jovens do CEA e do CEJ  fizeram a reflexão sobre a importância da mulher na vida deles e na sociedade. Debateram, sobretudo, a questão da violência contra a mulher.